ESTRATÉGIAS DIDÁTICAS NO ENSINO DE BIOLOGIA: UMA EXPERIÊNCIA COM AS METODOLOGIAS ATIVAS

João Carlos Farias Santana da Silva, Patrícia de Souza Cavalcante Carnaval, Eliemerson de Souza Sales

Resumo


escolar desenvolvendo competências significativas no processo de ensino e aprendizagem, se configurando enquanto percurso formativo, corroborando para a troca de saberes entre a universidade e o campo de estágio (PIMENTA; LIMA, 2006). Nesse contexto, este trabalho tem como objetivo relatar as experiências vivenciadas no Estágio em Ensino de Biologia 4 da Universidade Federal de Pernambuco - UFPE na Escola de Referência em Ensino Médio Diário de Pernambuco (Recife, PE) onde as práticas desenvolvidas dialogaram com a perspectiva educacional das Metodologias Ativas. O público alvo foram estudantes do 1º,2º e 3º ano do Ensino Médio. Partindo do princípio de que as metodologias ativas conferem ao processo de ensino e aprendizagem o uso de estratégias didáticas cuja centralidade do processo esteja efetivamente no estudante (PEREIRA, 2012), foram utilizados nas aulas ministradas: jogos, recursos audiovisuais e modelo 3D. É importante destacar que, também houveram momentos expositivos para discussão e apropriação de conceitos pertinentes aos conteúdos estudados. No tocante as ferramentas/metodologias que contribuíram para a configuração e execução do processo, para a aula de Histologia do tecido epitelial (1º ano) foi utilizado o jogo “Histobingo” para identificação de estruturas histológicas por meio de perguntas projetadas em slides, as respostas certas quando presentes na cartela deveriam ser marcadas pelos alunos, vencendo o jogo o aluno que completasse primeiro a cartela. Nas aulas de Nutrição e Fisiologia do Sistema Digestório (2º ano) foi utilizado o modelo 3D do Torso Humano de forma que os alunos pudessem identificar as principais estruturas do Sistema Digestório. As peças sempre circulavam entre os alunos para que todos visualizassem. Nas aulas de drogas e seus efeitos para o Sistema Nervoso (3º ano) foram exibidos animações e vídeos referentes aos efeitos, dependência das drogas e aspectos medicinais de algumas substâncias da maconha, em seguida, foi iniciada uma discussão sobre as interpretações dos vídeos. Nesse momento os alunos demostraram seus pontos de vista sempre relatando fatos reais da própria comunidade e de reportagens nacionais. A partir das experiências vivencias nas regências foi possível perceber que as diferentes estratégias e recursos contribuíram para tornar o processo de ensino e aprendizagem dinâmico, envolvendo ativamente os estudantes. Além disso, foi possível observar que, o emprego de estratégias didáticas que promovem a aprendizagem ativa, desperta o interesse dos estudantes para o aprendizado em biologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Av. Prof. Moraes Rego, 1235 - Cidade Universitária, Recife - PE, 50670-901.