A UTILIZAÇÃO DE EXPERIMENTOS COMO INSTRUMENTO FACILITADOR DA APRENDIZAGEM NO ENSINO DE BIOLOGIA

Raiza Pereira Santos de Lucena, Patrícia de Souza Cavalcante Carnaval, Eliemerson de Souza Sales

Resumo


Este resumo tem como objetivo relatar as experiências vivenciadas em Estágio em Ensino de Biologia 4, da UFPE. O estágio tem como finalidade oferecer ao aluno uma vivência da realidade onde exercerá sua função docente. É considerado a parte prática de ensino, onde se produz na interação dos cursos de formação com o campo social no qual se desenvolvem as práticas educativas. No que se refere as estratégias didáticas, optou-se por utilizar experimentação no Ensino de Biologia. O público-alvo foram estudantes do 2° ano do ensino médio de escola EREM Conde Corrêa de Araújo, localizada em São Lourenço da Mata/PE, de natureza pública e com funcionamento integral, onde foi realizada as aulas expositivas relacionadas sobre nutrição e digestão, enfatizando como ocorre o processo digestivo, mostrando cada etapa e órgãos responsáveis, em seguida os alunos se dirigiram ao laboratório de biologia para realização dos experimentos. A sala foi dividida em grupos para realização dos experimentos, cada grupo ficou com um tipo de experimento acompanhado de um protocolo, permitindo que os alunos manipulassem os objetos, ampliando suas ideias e negociassem os sentidos entre si. Após a realização dos experimentos, os alunos responderam algumas perguntas presentes no protocolo, que estavam relacionando com o que foi observado no experimento e com os conteúdos abordados em sala. Em seguida, os alunos exibiram uns aos outros os experimentos realizados contando como foi feito o procedimento, quais matérias foram utilizados, o que foi observado em cada etapa realizada, a parti disso foi possível avaliar a participação dos alunos e se realmente aprenderam os conteúdos. Desta forma, os alunos puderam estabelecer uma relação entre a teoria e a pratica, associando os conteúdos aprendidos de forma que o conhecimento baseado na experiência e na observação foram testado e argumentados, para enfim construir ideias entre si, apresentando resultados positivos no aprendizado. É perceptível hoje a necessidade da experimentação durante as aulas como instrumento de ensino, pois o estimulo e o interesse dos alunos passa a ser muito maior visto que os mesmos conseguem visualizar o conteúdo de maneira diferente, ou seja, passam a analisar certas questões como se fizessem parte dela. Portanto a prática experimental tem um papel mais amplo do que se espera, pois, desenvolve nos alunos maior interesse, além de despertar habilidades que não era visualizada em aulas teóricas, por exemplo. A partir disso, foi possível perceber que a utilização de experimento como ferramenta construtiva do conhecimento contribui significativamente para a aprendizagem dos alunos no Ensino de Biologia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Av. Prof. Moraes Rego, 1235 - Cidade Universitária, Recife - PE, 50670-901.