História da arte, dispositivos técnicos e imagens biomédicas: Laura Ferguson

Regilene Ap. Sarzi-Ribeiro

Resumo


O artigo trata das imagens biomédicas na arte contemporânea visando investigar seu vínculo com os dispositivos técnicos e o hibridismo estético. A fundamentação teórica é baseada em Michel Foucault (exame e dispositivo); Vilém Flusser (programação e técno-imagens) e Peter Burke (hibridismo cultural). Neste ensaio, o destaque é a obra da artista norte-americana Laura Ferguson. Os resultados apontam para diferentes  visualidades que provocam diferentes processos de produção de  subjetividade e novos imaginários corporais, que podem ser vivenciados como experiências imagéticas puras.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.