Pornografias: Disputas em torno de Sade

Guilherme Grané Diniz

Resumo


A relevância da recepção da literatura do Marquês de Sade ainda está por ser plenamente compreendida. Ela se dá não apenas na chave da filosofia, mas também na da arte. Nesse aspecto, encontramos Sade no cinema europeu de vanguarda, no cinema hollywoodiano e no pornográfico. Andrea Dworkin ressaltará uma suposta afinidade entre a escrita sadeana e a moral sexual da encenação pornográfica: a da predação e ódio à mulher. No entanto, essa apropriação é disputada. Angela Carter oporá à visão de Dworkin a “mulher sadeana”: Sade teria concebido uma liberdade sexual feminina sem precedentes. Nesse sentido, é notável a influência do imaginário sexual sadeano em filmes pornográficos críticos da pornografia tradicional. Sendo assim, é interessante retraçarmos e considerarmos essas disputas e apropriações de Sade, de modo a termos uma compreensão melhor de sua relevância para a filosofia e arte contemporâneas.

Texto completo:

PDF

Referências


A FLOR das Mil e Uma Noites. Direção de Pier Paolo Pasolini. Itália. 1974.

AGAMBEN, Giorgio. Quel Che Resta di Auschwitz: L’Archivio e il Testimone. Torino: Bollati Boringheri. 2016.

ASHLEY, Vex. Porn – Artifice – Performance – and the problem of authenticity. In Porn Studies, vol. 3, nº. 2, 2016.

BALTAR, Mariana. Evidência Invisível – BlowJob, vanguarda, documentário e pornografia. In FAMECOS – Mídia, Cultura e Tecnologia, vol. 18, nº 2, 2011.

BARTHES, Roland. Sade-Pasolini. In Revue d’Esthétique Paris, nº 3, 1982

BATAILLE, Georges. La Littérature et le Mal. Paris: Gallimard. 2013.

BLANCO, Alejandro Mendíbil. Jess Franco: de los márgenes al cine de autor. Análisis del relato cinematográfico. 2019. Tese (Doutorado) – Faculdad de Ciencias de la Información, Universidad Complutense de Madrid, Madrid.

BLUMENTHAL, Ralph. “Hard-core” grows fashionable – and very profitable. In New York Times, 21 de janeiro de 1973.

CARTER, Angela. The Sadeian Woman: An Exercise in Cultural History. Nova York: Penguin. 2003.

CONTOS Proibidos do Marquês de Sade. Dirigido por Philip Kaufman. Estado Unidos. 2000.

DECAMERÃO. Direção de Pier Paolo Pasolini. Itália. 1971.

DWORKIN, Andrea. Pornography: Men Possessing Women. Nova York: Penguin. 1989.

EBERT, Roger. Quills. In https://www.rogerebert.com/reviews/quills-2000.

ESTADOS UNIDOS. Attorney General's Commission on Pornography: final report. Washington, D.C.: U.S. Dept. of Justice. 1986.

GARGANTA Profunda. Direção de Gerard Damiano. Estados Unidos. 1972.

GRANÉ DINIZ, Guilherme. Essas Doces Ações que vós Chamais de Crimes: Crítica à Modernidade e Crítica do Direito em Sade. 2018. Dissertação (Mestrado em Filosofia e Teoria Geral do Direito) – Faculdade de Direito, Universidade de São Paulo, São Paulo.

______. Sade: a Censura no Século XVIII; a Censura Hoje. In Paralaxe, vol. 5, número especial. 2018.

IMACULADO Coração. Direção de

LELY, Gilbert. Vie du Marquis de Sade in MARQUÊS DE SADE, Donathien-Alphonse-François, Oeuvres Complètes, vol. II. Madri: Tête-de-Feuille. 1973

MARQUÊS DE SADE, Donathien-Alphonse-François. Oeuvres, vol. I. Paris: Gallimard. 1990.

______. Oeuvres, vol. III. Paris: Gallimard. 1998.

MORAES, Eliane Robert. Lições de Sade. São Paulo: Iluminuras. 2011.

______ ; LAPEIZ, Sandra. O Que é Pornografia. São Paulo: Brasiliense. 1985.

MORGAN, Robin. Theory and Practice: Pornography and Rape. In LEDERER, Laura (ed.) Taking back the Night: Women on Pornography. Nova York: William Morrow and Co. 1980

NAZÁRIO, Luiz. Pasolini. São Paulo: Brasiliense. 1993.

OS CONTOS de Canterbury. Direção de Pier Paolo Pasolini. Itália. 1972.

ROHDIE, Sam. I racconti di Canterbury (Pier Paolo Pasolini)/The Canterbury Tales (Geoffrey Chaucer). In http://www.screeningthepast.com/2012/08/i-racconti-di-canterbury-pier-paolo-pasolinithe-canterbury-tales-geoffrey-chaucer/

SALÓ ou os 120 Dias de Sodoma. Direção de Pier Paolo Pasolini. Itália. 1975.

SARMET, Érica. Pornografia da Vulnerabilidade: estratégias feministas da subversão da normatividade pornográfica. In Imagofagia, vol. 18, 2018.

WILLIAMS, Linda. Screening Sex. Durham: Duke University Press. 2008.




DOI: https://doi.org/10.52583/cartema.v8i8.248432

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: