Fédora do Rego Monteiro e o acesso feminino ao ensino da arte em Pernambuco

Carlos Henrique Romeu Cabral

Resumo


Este artigo aborda a trajetória artística da pernambucana Fédora do Rego Monteiro durante os últimos anos do século XIX e as primeiras décadas do século XX. Através do estudo sobre a formação artística recebida por essa pintora é possível observar uma estreita relação entre a sua poética e o processo de introdução das artistas brasileiras nos espaços educativos dedicados ao ensino da arte. O estudo sobre as estratégias e os caminhos adotados por Fédora, relativos à sua formação/atuação como artista e como arte educadora, indicam a possibilidade de uma contribuição salutar para a construção dos primeiros capítulos da historia da arte educação no estado de Pernambuco, através de novas informações que evidenciam as dificuldades e as contribuições da mulher artista no campo do ensino da arte em Recife. 


Texto completo:

PDF

Referências


ACADÉMIE JULIAN. Recettes et dépenses du 1° septembre 1907-1912. Arquivos da Académie Julian, série 63AS, dossiê 19 (Archives Nationales, Paris) 01 set. 1907.

ALVES, Fabiola Cristina. A lição viscontiana. (Doutorado em Artes) – Universidade Estadual Paulista “Júlio Mesquita Filho”. São Paulo, 2016. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/141988 Acesso em: 17 out 2020.

ARTE NACIONAL. Careta. Rio de Janeiro, n° 418, 1916, p. 13. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/083712/16323 Acesso em: 17 out. 2020.

ARTES E ARTISTAS. Exposição Fédora Monteiro. Diário de Pernambuco. Recife, 11 jan. 1922, p. 04. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/029033_10/5598 Acesso em: 18 out. 2020.

BRASIL. Decreto-lei n° 1.159, de 03 de dezembro de 1892. Aprova o código das disposições comuns às instituições de ensino superior dependentes do Ministério da Justiça e Negócios Interiores. Coleção de leis do Brasil. Rio de Janeiro: Edição federal, v. 1, 1892, p. 961. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-1159-3-dezembro-1892-520752-publicacaooriginal-1-pe.html Acesso em: 17 out. 2020.

BRASIL. Decreto n° 9.971, de 20 de setembro de 1955. Nomeação de Fédora Monteiro Fernandes para exercer o cargo de Professor Catedrático, padrão 0, da cadeira de Desenho Artístico, da Escola de Belas Artes da Universidade do Recife, do quadro permanente do Ministério da Educação e Cultura. Diário Oficial da União, Rio de Janeiro, 21 set. 1955.

CABRAL, Carlos. Proibidas e transgressoras: o percurso das artistas brasileiras na Académie Julian – Paris 1889-1913. In: PARAGUAI, Luisa; SOGABE, Milton (org.). ConVERsações anpapianas. São Paulo: UNESP, 2019, p. 10-21. Disponível em: http://www.anpap.org.br/wpcontent/uploads/2019/10/Ebook_ARTIGOS_Conversações.pdf Acesso em: 18 out. 2020.

ESCOLA NACIONAL DE BELAS ARTES. XVIII Exposição Geral de Belas Artes. Rio de Janeiro, 1911. Catálogo de exposição realizada na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. 1911.

______. XIX Exposição Geral de Belas Artes. Rio de Janeiro, 1912. Catálogo de exposição realizada na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. 1912.

______. XX Exposição Geral de Belas Artes. Rio de Janeiro, 1913. Catálogo de exposição realizada na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. 1913.

______. XXII Exposição Geral de Belas Artes. Rio de Janeiro, 1915. Catálogo de exposição realizada na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. 1915.

______. XXIII Exposição Geral de Belas Artes. Rio de Janeiro, 1916. Catálogo de exposição realizada na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. 1916.

______. XXIV Exposição Geral de Belas Artes. Rio de Janeiro, 1917. Catálogo de exposição realizada na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. 1917.

______. XXV Exposição Geral de Belas Artes. Rio de Janeiro, 1918. Catálogo de exposição realizada na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. 1918.

______. XXXIV Exposição Geral de Belas Artes. Rio de Janeiro, 1927. Catálogo de exposição realizada na Escola Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro. 1927.

DIARIO DE PERNAMBUCO. Recife, 26 abr. 1917, p. 05. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/029033_09/14105?pesq=Louis%20Piereck Acesso em 09 out. 2020.

DIARIO SOCIAL. Viajantes. Diário de Pernambuco. Recife, 14 fev. 1917, p. 02. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/029033_09/13548 Acesso em 18 out. 2020.

DIVERSOS. Curso de Pintura de Fédora Monteiro Fernandes. Diário de Pernambuco. Recife, 03 out. 1920. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/029033_10/2139 Acesso em: 18 out. 2020.

FREYRE, Gilberto. Vida Social no Brasil nos meados do século XIX. São Paulo: Global Editora, 2008.

GATI, Hajnalka Halasz. A educação da mulher no Recife no final do século XIX: ensino normal e anúncios de progresso. (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/3748/1/arquivo223_1.pdf Acesso em: 17 out. 2020.

GOVERNO PROVISORIO DO ESTADO. Diário de Pernambuco. Recife, 19 out. 1930, p. 01. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/029033_11/2119 Acesso em: 18 out. 2020.

GUIMARAES, Maria Beatriz Monteiro. Saberes consentidos conhecimentos negados. O acesso à instrução feminina durante o início do século XIX em Pernambuco. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2002. Disponível em : https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/4810/1/arquivo5997_1.pdf Acesso em: 16 out. 2020.

LOBSTEIN, Dominique. Dictionnaire des Indépendants. Dijon: Échelle de Jacob, 2003.

PHOTOGRAPHIA PIERECK. Diário de Pernambuco. Recife, 16 jan. 1909. Disponível em : http://memoria.bn.br/DocReader/029033_08/10535?pesq=Louis%20Piereck Acesso em : 09 out. 2020.

MAURICIO, Virgílio. Fédora do Rego Monteiro. Sua exposição. Jornal Pequeno. Recife, 05 mar. 1917, p. 02. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/800643/24277 Acesso em: 17 out. 2020.

FERNANDES, Fédora Monteiro . Uma interessante palestra com a ilustre pintora brasileira D. Fédora Monteiro. (Entrevista concedida ao Jornal Pequeno). Jornal Pequeno. Recife, 05 mai. 1920, p. 01. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/800643/30515 Acesso em: 17 out. 2020.

______. Programa da cadeira de Desenho Artístico. Arquivos da Escola de Belas Artes do Recife, dossiê 226 (Universidade Federal de Pernambuco – Memorial Denis Bernardes, Recife) 01 mar. 1949.

______. Programa da cadeira de Desenho Artístico. Arquivos da Escola de Belas Artes do Recife, dossiê 226 (Universidade Federal de Pernambuco – Memorial Denis Bernardes, Recife) 1954.

REVISTA CATOLICA DA FAMILIA. Recife, 25 jul. 1917.

SANTOS, Yan Soares. A Sociedade de Propagadora da Instrução Publica e suas ações de qualificação profissional em Recife (1872-1903). Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 2014. Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/12919/1/DISSERTAÇÃO%20Yan%20Soares%20Santos.pdf Acesso em: 17 out. 2020.

SILVA, Beatriz de Barros Melo. A pedagogia da Escola de Belas Artes do Recife – Um olhar a mais. (Mestrado em História) – Universidade Federal de Pernambuco. Recife, 1995.

SIMIONI, Ana Paula. As mulheres na escola nacional de belas artes: gênero e formação artística em tempos de república. In: CVALCANTI, Ana Maria; DAZZI, Camila; VALLE, Arthur (Org.). Oitocentos – arte brasileira do Império à Primeira República. Vol. 1. Rio de Janeiro: EBA/UFRJ/Dezenove&Vinte, 2008, p. 73-80. Disponível em: https://www.academia.edu/23975200/2008_Oitocentos_Tomo_I_Arte_Brasileira_do_Império_à_Primeira_República_Organização_Ana_Maria_Tavares_Cavalcanti_Arthur_Valle_e_Camila_Dazzi_1_ed_Rio_de_Janeiro_EBA_UFRJ_DezenoveVinte_ISBN_978_85_87145_25_3 Acesso em: 17 out. 2020.

SOCIETE DES ARTISTES FRANÇAIS. Salon des Artistes Français. Paris, 1914. Catálogo de exposição do Salão dos Artistas Franceses, realizado no Palais des Champs-Élysées, em Paris. 1914.

VIDICA, Ana Rita e ALVES, Rafael Delfino. Fotopinturas e filtros do Instagram: modos de encenação do retrato fotográfico. In: II Seminário Internacional de Pesquisa em Arte e Cultura Visual, 2008, Goiânia. Anais do Seminário Internacional de Pesquisa em Arte e Cultura Visual. Goiânia: Universidade Federal de Goiás, 2018. p. 157-166. Disponível em: https://files.cercomp.ufg.br/weby/up/778/o/LA_ANA_VIDICA_RAFAEL_ALVES_IISIPACV2018.pdf Acesso em: 17 out. 2019.

ZACCARA, Madalena (org.). De Sinhá prendada a artista visual : os caminhos da mulher artista em Pernambuco. Recife: Editora do organizador, 2017.

______. Uma artista mulher em Pernambuco no início do século XX: Fédora do Rego Monteiro Fernandez. 19&20. Rio de Janeiro, v. 6, n. 1, 2011. Disponível em: http://www.dezenovevinte.net/artistas/frm_mz.htm Acesso em: 20 out. 2020.




DOI: https://doi.org/10.52583/cartema.v8i8.248637

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: