Poemas

Everardo Norões

Resumo


Everardo Norões nasceu no Crato, Ceará.  Livros: Poemas argelinos (Ed. Pirata, 1981), Poemas (Fundação de Cultura da Cidade do Recife, 2000) – prêmio literário Cidade do Recife 1998; (Nas entrelinhas do mundo, em co-autoria (Ensol, 2002); Le tigri del Bengala - tradução de Emilio Coco (Edizione Nuove Muse, S. Marco in Lamis, Itália, 2005); A rua do Padre Inglês (Ed. 7Letras, Rio de Janeiro 2006); Miguel Torga e o dicionário da terra. (Fundação de Cultura Cidade do Recife. Recife, 2007; Retábulo de Jerônimo Bosch (Ed. 7Letras, Rio de Janeiro. 2008); Poeiras na réstia (Ed. 7Letras, Rio de Janeiro. 2010). É co-autor do texto das peças Auto das portas do Céu, de Ronaldo Brito e de O nascimento da bandeira, de Ronaldo Brito. Escreve artigos e crônicas para diversos jornais e revistas e tem poemas traduzidos para o espanhol, francês, italiano, catalão e quéchua. Traduziu e organizou a Obra completa de Joaquim Cardozo (Nova Aguilar, 2010), antologias da poesia peruana, do poeta mexicano Carlos Pellicer, do poeta italiano Emilio Coco e de poetas franceses contemporâneos. Participa de várias antologias, entre elas, a mais recente, Antología de poetas brasilenõs actuales, da editora espanhola Paralelosur, Espanha (2011). Prêmio literário Cidade de Manaus 2011, pelo livro de contos inédito O fabricante de histórias. (E.N.)


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i08p%25p



 

Qualis (CAPES): B1 (Quadriênio 2013-2016)

Diretórios:


Indexadores:

 JURN: Get the research you need, free

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

 

 

Institucional