História e Identidade em uma Cidade de Colonização Alemã no Sul do Brasil: O caso de Santa Cruz do Sul

Mateus Silva Skolaude

Resumo


Resumo: Santa Cruz do Sul localiza-se na região central do RS. É conhecida economicamente pela inter-relação do sistema agroindustrial do tabaco e por ser pólo de desenvolvimento na região denominada Vale do Rio Pardo. Caracteriza-se, também, pelo predomínio de uma narrativa identitária germânica, uma vez que a região foi um dos principais núcleos de colonização alemã no sul do Brasil. Desta forma, esta comunicação propõe uma reflexão sobre os dispositivos envolvidos na construção do discurso étnico germânico, no caso da historiografia oficial e da imprensa escrita regional e os seus desdobramentos junto à comunidade afro-descendente residente neste município, buscando assim, verificar como os conflitos, as práticas, as negociações e as experiências deste grupo estão articuladas em torno de redes discursivas e práticas sociais que atuam diretamente no processo de subjetivação e representação desses sujeitos em relação ao pertencimento comunitário.

Palavras-chave: Santa Cruz do Sul; narrativa identitária germânica; comunidade afro-descendente.

 

Abstract: The city of Santa Cruz do Sul is located in central Rio Grande do Sul (Brazil's southernmost state). It is nationally known by the region's tobacco growersindustry interrelationship, as well as for being a development hub in the region known as the Vale do Rio Pardo. It is also well known for its predominant Germanic identity discourse, since that region was a major destination for German immigrants to southern Brazil. Thus, this paper proposes a reflection upon the mechanisms involved in the construction of a Germanic ethnic discourse – in the case of historical records  and the local written press – and its consequences on the local African-descendant community, aiming to identify  the ways by which conflicts, social practices, negotiations and experiences of said community are articulated around discourse networks and the aforementioned social practices that act directly upon subjectivization processes as well as on the representation of such subjects in relation to their sense of belonging of that community.

Keywords: Santa Cruz do Sul; Germanic identity discourse; African-descendant community.


Texto completo:

PDF

Referências


ALBERTI, Verena. Histórias dentro da história.

PINSKY. Carla, Bassanezi. (Org.). Fontes históricas. 2. ed. – São Paulo: Contexto, 2006, p. 155-203.

BOURDIEU, Pierre. O Poder Simbólico. 4. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001.

CHAUÍ, Marilena de Souza. Brasil: mito fundador e sociedade autoritária. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2000.

ELIAS, Norbert; SCOTSON, John L. Os Estabelecidos e os Outsiders: sociologia das relações de poder a partir de uma pequena comunidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

FÉLIX, Loiva Otero. História e Memória: a problemática da pesquisa. 2. ed. Passo Fundo: UPF, 2004.

GÄRTNER, Angelika. O Alemão no Rio Grande do Sul: aspectos científicos e políticolinguísticos. Redes. Santa Cruz do Sul, v. 4, n. especial, 1999, p.71-89.

HALBWACHS, Maurice. A Memória Coletiva. São Paulo: Centauro, 2004.

HOBSBAWM, E. J.; RANGER, Terence [Orgs.]. A Invenção das Tradições. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984.

KIPPER, Maria Hoppe. A Campanha de Nacionalização do Estado Novo em Santa Cruz do Sul: 1937-1945. Santa Cruz do Sul: ASPEC, 1979.

MEYER, Dagmar E. Estermann. Identidades Traduzidas: cultura e docência teuto-brasileiroevangélica no Rio Grande do Sul. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, São Leopoldo: Sinodal, 2000.

MENEZES, J. Bittencourt. Município de Santa Cruz. Santa Cruz do Sul: Typografhia de Lamberts & Riedl, 1914.

MUNANGA, Kabengele. Rediscutindo a Mestiçagem no Brasil: identidade nacional versus identidade negra. Belo Horizonte: Autêntica, 2004.

OLIVEN, Ruben George. A Parte e o Todo: a diversidade cultural no Brasil-Nação. 2. ed. rev. amp. Petrópolis: Vozes, 2006.

PAREDES, Marçal de Menezes. Memória de um Ser-Tão Brasileiro: tempo, história e memória em os sertões de Euclides da Cunha. Curitiba: Juruá, 2002.

POLLAK, Michael. Memória e Identidade Social. Estudos Históricos, Rio de Janeiro, vol. 5, n 10, 1992, p. 200-212.

SEYFERTH, Giralda. A identidade teuto-brasileira numa perspectiva histórica.

MAUCH, Claúdia; VASCONCELLOS, Naira [org.]. Os Alemães no Sul do Brasil : cultura, etnicidade, historia. Canoas: ULBRA, 1994, p. 11-28.

SEYFERTH, Giralda. Migrações do Passado e do Presente: uma análise cruzando gênero, etnicidade e. preconceitos. ST 55. PPGAS – Depto. de Antropologia.

Disponível em:

http://www.fazendogenero7.ufsc.br/artigos/G/Giralda_Seyferth_55.pdf. Acesso em 20 de agosto de 2007.

SILVA, Mozart Linhares da. Educação, Etnicidade e Preconceito no Brasil. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2007.

SILVA, Mozart Linhares da. Identidade Cultural/Regional e Neo-Comunitarismo: o caso de Santa Cruz do Sul. Anais do III Simpósio Nacional de História Cultural – GT Nacional de História Cultural/ANPUH. Florianópolis: EDUFSC, 2006, p. 1-10.

SKOLAUDE, Mateus Silva. Identidades Rasuradas: o caso da comunidade afro-descendente de Santa Cruz do Sul (1970-2000). Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2008.

TEDESCO, João Carlos. Nas Cercanias da Memória: temporalidade, experiência e narração. Passo Fundo: UPF; Caxias do Sul: EDUCS, 2004.

WEBER, Max. Economia e Sociedade: fundamentos da sociologia compreensiva. Brasília: UNB, 1994.

Fontes Primárias

JORNAIS GAZETA DO SUL: (07/04/1979, p 16-17); (08/12/1979, p. 39); (11/11/1980, Capa); (03/10/1981, p. 28); (05/09/1987, p. 27); (24/11/1990, p. 25); (14/10/1992, p. 31); (07/11/1992, p. 30); (11/11/1992, p. 17); (10/11/1993, p.23); (05 e 06/11/1994, p. 29); (12 e 13/11/1994, p. 33); (04 e 05/11/1995, p. 34); (07/11/1997, p. 23); (10/11/1997, p. 03)




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i06p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional