Sousândrade e a revisão do cânone poético romântico

Danglei de Castro Pereira

Resumo


Resumo: Apresentamos neste trabalho uma reflexão sobre os limites do cânone poético consagrado no romantismo brasileiro. Nossa intenção é discutir a manipulação dos aspectos míticos na poética de Joaquim de Sousândrade e, com isso, contribuir para ampliação dos limites fixos do cânone romântico. Defendemos a idéia de que a presença de traços míticos na poética romântica brasileira proporciona uma reorganização dos valores utópicos comumente associados ao teor religioso de fundo messiânico dentro da diversidade romântica, fato que conduz a uma visão irônica não só da utopia romântica como da sociedade burguesa apresentada em o Guesa de Sousândrade.

Palavras chave: poesia romântica; O Guesa; Sousândrade; cânone

 

Abstract: The work presents a reflection on the limits of the poetic canon consecrated in the Brazilian romanticism. Our intention is to discuss the manipulation of the mythical aspects in the poetic of Joaquim de Sousândrade and, with that, to contribute for enlargement of the limits fastens of the romantic canon. We defended the idea that the presence of mythical lines in the romantic poetic Brazilian provides a reorganization of the Utopian values commonly associates to the religious tenor of messianic bottom inside of the romantic diversity, fact that leads to an ironic vision not only of the romantic Utopia as of the bourgeois end O Guesa de Sousândrade.

Key-Words: romantic poetry; Guesa; Sousândrade; canon


Texto completo:

PDF

Referências


BANDEIRA, M. Românticos. In: ___. Apresentação da poesia brasileira. Rio de Janeiro: Tecnoprint S.A ,1963. p. 65- 95.

CAMPOS, A.; CAMPOS, H. de. ReVisão de Sousândrade. 2.ed. São Paulo: Invenção, 1979.

SASS, V. R. A verdade sobre os Incas. 6. ed. São Paulo: Ordem do Graal na Terra, 1992.

SCHADEN, E. A mitologia heróica de tribos indígenas do Brasil. Rio de Janeiro: MEC, 1959.

SOUSÂNDRADE, J. O Guesa. Organização Jomar de Morais. São Luiz/MA: SIOGE, 1979.

VIZZIOLI, P. O Sentimento e a Razão nas poéticas do Romantismo. In: GUINSBURG, J. (Org.) O Romantismo. 3.ed. São Paulo: Perspectiva, 1993. p.137-157.

WILLIAMS, F. G. Sousândrade: vida e obra. São Luís/MA: SIOGE, 1976.

XAVIER, L. Revista das revistas: montagem Sousândrade. O campo visual de uma experiência antecipadora ( estudos Literários: in.: O Estado de S. Paulo. Suplemento Literário. 18 de maio de 1963.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i04p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional