Figurações do Herói Épico: de Homero a Sousândrade

Enéias Farias Tavares

Resumo


Resumo: O objetivo deste trabalho é apresentar um estudo que perceba as relações temáticas na poesia do inglês John Milton (1562-1647) e do brasileiro Joaquim de Sousa Andrade (1832-1902), percebendo especialmente a caracterização do herói épico nos poemas O Paraíso Perdido e O Guesa Errante. Complementarmente, este estudo prevê um comentário da configuração desse novo modelo de herói em outros poemas do gênero épico anterior, como nos poemas de Homero, Virgílio, Dante e Camões. Nesse caso, observaremos como os dois poetas em questão alteram uma representação já canônica de um protagonista épico, modelo de uma série de características ideais da cultura que o produziu, para um protagonista repleto de conflitos e imperfeições.

Palavras-chave: Crítica Literária; John Milton; Sousândrade; herói épico.

 

Abstract: This paper aims to present a study that understands the thematic relationship in English poetry of John Milton (1562-1647) and the Brazilian poetry of Joaquim de Sousa Andrade (1832-1902), noticing especially the characterization of the hero in the epic poems Paradise Lost and O Guesa Errante. In addition, this study provides a commentary on the configuration of this new type of hero in other earlier epic poems, such as the works by Homer, Virgil, Dante and Camões. In this case, we will observe how this two poets, Milton and Sousândrade, alter a canonical representation of an epic protagonist, model of a series of ideal characteristics from the culture that produced it, for a character with conflicts and imperfections.

Key-words: Literary Criticism; John Milton; Sousândrade; epic hero


Texto completo:

PDF

Referências


AUERBACH, Erich. Dante , poeta do mundo secular. Rio de Janeiro: Topbooks, 1997.

BIGNOTTO, Newton.A Condição humana (Dante). In: NOVAES, Adauto(org). Poetas que pensaram o mundo. São Paulo: Cia das Letras, 2005.

BLOOM, Harold. Abaixo as verdades sagradas - Poesia e crença desde a Bíblia até nossos dias. Tradução Alípio Correa de Franca Neto & Heitor Ferreira da Costa. São Paulo: Companhia das Letras, 1993.

BOSI, Alfredo. História Concisa da Literatura Brasileira. São Paulo: Cultrix, 1997.

CAMPOS, Augusto e Haroldo de.ReVisão de Sousândrade. São Paulo: Perspectiva, 2002.

CANDIDO, Antonio. Formação da Literatura Brasileira – Volume II. São Paulo: Livraria Martins Editora, sem data.

CARTER, Ronal. MCRAE, John. The Penguin Guide to Literature in English. New York: Press Union, 2004.

COSTA LIMA, Luis. O campo de uma experiência antecipadora. In: CAMPOS, Augusto e Haroldo de. ReVisão de Sousândrade. São Paulo: Perspectiva, 2002.

COUTINHO, Afrânio (Org.)A Literatura na Brasil – Volume II – Romantismo. Rio de Janeiro: Editorial Sul América S. A., 1969.

D’ONOFRIO, Salvatore.Literatura Ocidental. São Paula: Ática, 2004.

G. WILLIAMS, Frederick e MORAES, Jomar. Poesia e Obra Reunida de Sousândrade. São Luís: Edições AML, 2003.

LEWIS, C. S.A Preface to Paradise Lost. New York: Oxford University Press, 1971.

LINK, Luther. O Diabo – A Máscara sem Rosto. Companhia das Letras. São Paulo, 1998.

LOBO, Luiza. Épica e Modernidade em Sousândrade. São Paulo: Unicamp, 2003.

MILTON, John.O Paraíso Perdido. São Paulo, Martin Claret: 2002.

MILTON, John.Paraíso Perdido. São Paulo: Clássicos Jackson, 1960.

PRAZ, Mario.A Carne, a morte e o diabo na literatura romântica. São Paulo: Editora da Unicamp, 1996.

TINKER, Chauncey B. Sanson Agonistes. In: Tragic Themes in Western Literature. New Haven: Yale University Press, 1960.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i04p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional