CONFISSÕES DE ATELIER

Fernando Fiorese

Resumo


Fernando Fiorese nasceu em Pirapetinga e reside em Juiz de Fora (MG). Publicou Um chão de presas fáceis (romance, 2015, agraciado com recursos do Programa Petrobras Cultural), Aconselho-te crueldade (contos, 2010, Bolsa para Escritor com Obra em Fase de Conclusão da Fundação Biblioteca Nacional), Um dia, o trem (poemas, 2008), Dicionário mínimo: poemas em prosa (2003), Murilo na cidade: os horizontes portáteis do mito (ensaio, 2003), Corpo portátil: 1986-2000 (reunião poética, 2002) e Trem e cinema: Buster Keaton on the railroad (ensaio, 1998, prêmio de publicação no II Festival Universitário de Literatura promovido pela Xerox do Brasil e revista Livro Aberto). Poemas, contos e ensaios de sua autoria figuram em periódicos e antologias publicados no Brasil e no exterior (Argentina, Espanha, EUA, França, Itália, Peru, Portugal e Suíça). É professor da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i16p356-358

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional