Sistemas de Representação na Arte Barroca

Antônio Jackson de Souza Brandão

Resumo


Resumo: Falar em Barroco é o mesmo que falar em imagem, mas não se pode esquecer de que o período dominado por ela tinha, em sua retaguarda, o gênero emblemático em que se imiscuía imagem e palavra de uma forma peculiar.

Palavras-chave: Barroco, gênero emblemático, imagem, palavra

 

Abstract: To speak in Baroque is the same that to speak in image, but we cannot forget that the period dominated by images had, in its rear, the emblematic genre that matched images to words of a particular way.

Key words: Baroque, emblematic genre, image, word


Texto completo:

PDF

Referências


BENJAMIM, Walter. Origem do drama barroco alemão. São Paulo, Brasiliense, 1984.

CURTIUS, Ernst Robert. Literatura européia e Idade Média Latina. São Paulo, Hucitec/Edusp, 1996.

FIGUEIREDO, Fidelino de. A luta pela expressão: prolegômenos para uma filosofia da literatura. 3ª ed. São Paulo, Cultrix, 1973

HORAPOLO. Hiroglyphica. Madrid, Ediciones Akal, 1991.

JÖNS, Dietrich Walter. “Das sinnen-Bild”: Studien zur allegorischen Bildlichkeit bei Andreas Gryphius. Stuttgart, J.B. Metzlersche Verlagsbuchhandlung, 1966.

LESSING, Gotthold E. Laocoonte ou sobre as fronteiras da pintura e da poesia. São Paulo, Iluminuras, 1998.

MARAVALL, José Antonio. A cultura do Barroco: análise de uma estrutura histórica. São Paulo, 1997.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i02p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional