"É preciso continuar" - Caminhos da ficção de Beckett em sua tentativa de seguir adiante

Lívia Bueloni Gonçalves

Resumo


A prosa de Beckett caracteriza-se por um embate entre a insatisfação com o ato de narrar e a necessidade de seguir adiante. Concentrando-se principalmente na passagem da segunda para a terceira fase da ficção do autor, o artigo reflete sobre as mutações do narrador beckettiano. Entre elas, destaca-se o desenvolvimento do expediente da voz – de instância perturbadora em O inominável e nos Textos para nada a narradora assumida em Companhia.


Palavras-chave: Samuel Beckett; prosa beckettiana; narrador; voz; Companhia

 

Abstract: Beckett’s fiction is characterized by a struggle between the dissatisfaction with the act of narrating and the need to move on. Focusing mainly in the passage from the second to the third phase of his fiction, this article reflects upon Beckettian narrator’s mutations. Among them, the development of “the voice” is highlighted – from a disturbing device in The Unnamable and Texts for nothing to a recognized narrator in Company.


Keywords: Samuel Beckett; Beckettian fiction; narrator; voice; Company.


Palavras-chave


Samuel Beckett; prosa beckettiana; narrador; voz; Companhia

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i20p58-72



 

Qualis (CAPES): B1 (Quadriênio 2013-2016)

Diretórios:


Indexadores:

 JURN: Get the research you need, free

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

 

 

Institucional