Implicações da noção de escuta para a clínica de linguagem: uma reflexão saussuriana

Luiza Milano, Mélany Dias da Silveira

Resumo


O presente artigo propõe uma reflexão acerca da noção de escuta, que prevê suscitar repercussões para o âmbito da clínica de linguagem partindo de uma leitura singular de contribuições da linguística saussuriana. Há, nesse sentido, um deslocamento realizado a partir de conceitos presentes nas obras de Ferdinand de Saussure (CLG 1974, CLG 1972, ELG 2004), como falante, ouvinte e acústico, que pressupõem uma noção de escuta e podem vir a desempenhar um papel relevante na atuação em clínica de linguagem.

Palavras-chave


clínica de linguagem; escuta; fala; falante; ouvinte

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i25p204-214



 

Qualis (CAPES): B1 (Quadriênio 2013-2016)

Diretórios:


Indexadores:

 JURN: Get the research you need, free

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

 

 

Institucional