A rusticidade e a noção de gênio: o anacronismo histórico da leitura de Antonio Candido sobre a poesia de Cláudio Manuel da Costa

Antônio Joaquim Pereira

Resumo


Este artigo identifica o anacronismo da interpretação de Antonio Candido (1959) sobre o soneto “Destes penhascos fez a natureza”, de Cláudio Manuel da Costa, sobretudo quando ele faz uso das categorias kantianas de gênio e sujeito para atribuir uma sensibilidade nacional (rústica) a este escritor, uma consciência de brasilidade. No estudo sobre as idéias de originalidade e rusticidade, verificamos os abusos de esquecimento de Antonio Candido em relação às técnicas retóricas da inventio, dispositio e elocutio das letras luso-brasileiras em favor da ênfase sobre as noções de gênio e sentimento local nas práticas de representação do século XVIII.

Texto completo:

PDF

Referências


ACHCAR, Francisco. Lírica e lugar comum: Alguns temas de Horácio e sua presença em português. São Paulo: Editora da universidade de São Paulo, 1994.

ARISTÓTELES. Metafísica: livro 1 e livro 2; Ética a Nicômaco; Poética; seleção de textos de José América Motta Pessanha; tradução de Vincenzo Cocco... [et al] –São Paulo: Abril Cultural, 1979.

__________________. Formação da literatura brasileira. 7 Edição. São Paulo: Momentos decisivos. Itatiaia, 1981.

__________________. Os ultramarinhos. In: Vários escritos. – 3ª Ed. Ver. E ampl. – São Paulo: Duas Cidades, 1995.

CURTIUS, Ernst Robert. Literatura européia e Idade média latina. 1 Edição brasileira. Biblioteca científica brasileira, série B-V. – Rio de Janeiro, 1957.

HANSEN, João Adolfo. Alegoria.- construção e interpretação da metáfora. São Paulo: Hedra; Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2006.

HANSEN, João Adolfo. Agudezas seiscentistas. In: Floema Especial-Ano II, n. 2 A. p. 85-109 out 2006.

HANSEN, João Adolfo. A sátira e o engenho: Gregório de Matos e a Bahia do século XVII. – 2. Ed. Ver. – São Paulo: Ateliê Editorial; Campinas: Editora da Unicamp, 2004.

HANSEN, João Adolfo. O discreto. In: NOVAES, Adauto (org). Libertinos e libertários. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

KANT, Imanuel. Primeira Introdução à Critica do Juízo. trad. Rubens Rodrigues Torres Filho. in: Terra, Ricardo R. (org.) Duas Introduções à Crítica do Juízo. São Paulo: Iluminuras, 1995.

LAUSBERG, Heinrich. Elementos de retórica literária. 5 edição. Fundação Calouste Gulbenhian. Av. de Berna/Lisboa, 2004.

MAGALHÃES, Gonçalves. Ensaio sobre a história da literatura do Brasil. Biblioteca Academia Paulista de Letras. Niterói, Revista Brasiliense. Ciências, Letras e Artes. Introdução de Plínio Doyle. Apresentação crítica de Antônio Soares Amora, 1978.

POESIA SEISCENTISTA- Fenix renascida e Postilhão de Apolo. Organização Alcir Pécora; Introdução João Adolfo Hansen. 1 edição. São Paulo: Hedra, 2002.

RICOTTA, Lúcia. A constelação espacial das cenas de origem em Scénes de La nature, de Ferdinand Denis. In: Revista USP, nº91. Setembro, outubro e novembro de 2011.

RICOUER, Paul. A memória, a história e o esquecimento. Tradução: Alain François [et al]. – Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2007.

RICOEUR, Paul. A metáfora viva. Trad. Dion Davi Macedo. São Paulo: Loyola, 2000.

TEIXEIRA, Ivan. Notas sobre o gênero épico. Introdução de João Adolfo Hansen. In: Épicos: Prosopopéia, O Uraguai, Caramuru, Vila Rica, A Confederação dos Tamoios, I-Juca-Pirama. EDUSP, 2008.

VALLE, Ricardo Martins. A ordem dos afetos. A bucólica de Cláudio Manuel da Costa. In: FLOEMA. Caderno de teoria e história literária. Ano I, N.1, jan./jun. 2005. Vitória da conquista: Edições Uesb, 2005.

VENTURA, Gilvan da Silva. Política e ideologia e arte poética em Roma: Horácio e a criação do principado. In: Politéia. História e Sociedade- Revista do departamento de história da UESB. V.1. N.1 Vitória da Conquista Bahia: Edições UESB, 2001.

Article Stable URL:HTTP://www.jstor.org/stable/464726. DERRIDA, Jacques. Economimesis. Source: Diacritics, Vol. 11, No. 2, The Ghost of Theology: Readings of Kant and Hegel (Summer, 1981), pp. 2-25.

Article Stable URL:HTTP://www.jstor.org/stable/3590856. PADGEN, Anthony. Fellow citizens and imperial subjects: Conquest and sovereignty in Europe´s Overseas empires. Sourse: History and theory, vol. 44, N°. 4, ThemeIssue 44: Theorizing Empire (Dec, 2005).




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i12p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional