Livro didático de espanhol: a promoção de um ensino na perspectiva dos gêneros textuais e das africanidades

Ligia Paula Couto, Ione da Silva Jovino, Daniela Terezinha Esteche Maciel

Resumo


Este artigo tratará da produção de um livro didático (LD) para o ensino de espanhol por um grupo PIBID. O ensino da língua espanhola tem sido valorizado no Brasil principalmente a partir da publicação da Lei 11.161/05. No entanto, a valorização desse ensino nem sempre foi acompanhada da publicação de LD e materiais didáticos que se voltassem para as questões debatidas nos estudos da área de ensino de línguas, ou ainda, para o contexto brasileiro. Sendo assim, nosso objetivo será analisar a construção de um LD de espanhol em um projeto PIBID e sua relação com o processo formativo de professores dessa língua estrangeira (LE) voltado, essencialmente, para as questões da escola pública no Brasil, focando a teoria dos gêneros textuais, a diversidade cultural e as africanidades.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei 11.645 de 10 de março de 2008. Altera a Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, modificada pela Lei no 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional, para incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”. Diário Oficial da União, Brasília, 11 mar. 2008.

______. Orientações Curriculares Nacionais para o Ensino Médio: Linguagens, códigos e suas tecnologias. Conhecimentos de Espanhol. Brasília: MEC/Secretaria da Educação Básica, 2006.

______. Lei 11.161 de 05 de agosto de 2005. Dispõe sobre o ensino da língua espanhola. Diário Oficial da União, Brasília, n. 151, seção 1, 8 ago. 2005. p. 1.

______. Parecer CNE/CP 3/2004. Diretrizes Curriculares para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura afro-Brasileria e Africana. Brasília, Ministério da Educação, 2004.

______. Lei 10.639/2003. Estabelece a obrigatoriedade do Ensino de História e Cultura afro-Brasileria e Africana. Brasília, Ministério da Educação, 2003.

CASTRO, J. A. G. F. de; MENEZES, M. dos S. Culturas orais e linguagem gráfica. International Conference on Graphics Engineering for Arts and Design, 7 e Simpósio Nacional de Geometria Descritiva e Desenho Técnico, 13; 2007. Curitiba: UFPR, 2007. Disponível em: . Acesso em jun. de 2012.

CASTRO, J. A. G. F. de; MENEZES, M. dos S. Design étnico: a identidade sociocultural dos signos. In: MENEZES, M. dos S.; PASCHOARELLI, L. C. (Org.). Design e planejamento: aspectos tecnológicos. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009. p. 31-61.

GONÇALVES, L. A. O.; SILVA, P. B. G. e. Multiculturalismo e educação: do protesto de rua a propostas e políticas. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 29, n. 1, p. 109-123, 2003.

______. O jogo das diferenças, o multiculturalismo e seus conceitos e seus contextos. Belo Horizonte: Autêntica, 1998.

MARCUSCHI, L. A. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

OBESO, R. S. La lengua palenquera: una experiencia cosmovisionaria, significativa y creativa de lós palenqueros descendientes de la diáspora africana en Colombia. Revista Anaconda, Bogotá, n.8, s/d.

PARANÁ. Diretrizes Curriculares de Língua Estrangeira Moderna. Curitiba: Secretaria do Estado da Educação, 2008.

PARAQUETT, M. Multiculturalismo, interculturalismo e ensino/aprendizagem de espanhol para brasileiros. Brasília: MEC, 2011. Coleção Explorando o Ensino. Espanhol, vol. 16. p.137-292. Disponível em: . Acesso em mar. de 2012.

PARENTE, R. M. As contribuições do Parecer CNE/CP 3/2004 para a educação das relações étnico-raciais. In: Aguiar, M. A. da S. et al (Orgs.). Educação e diversidade: estudos e pesquisas. Recife: Gráfica J. Luiz Vasconcelos Ed., 2009. vol 2. p.249-270. Disponível em . Acesso em mar. de 2012.

SCHNEUWLY, B.; DOLZ, J. Gêneros orais e escritos na escola. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2004.

SEDYCIAS, J. (Org.). O ensino do espanhol no Brasil: passado, presente, futuro. São Paulo: Parábola Editorial, 2005.

SILVA, P. B. G. e. Aprendizagem e Ensino das Africanidades Brasileiras. In: MUNANGA, K. (Org). Superando o racismo na escola. Brasília: MEC/BID/UNESCO, 2005.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i12p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional