Cadáveres, vagalumes, fogos-fátuos

Eduardo Sterzi

Resumo


Resumo: Examina-se aqui a invocação das palavras, das imagens e sobretudo da figura do escritor e cineasta italiano Pier Paolo Pasolini em duas obras literárias especialmente relevantes dos últimos anos, Gomorra, de Roberto Saviano, e Monodrama, de Carlito Azevedo – assim como num ensaio do historiador e filósofo da arte Georges Didi-Huberman. É a própria possibilidade de continuar a escrever para além do colapso da escrita que o prosador italiano e o poeta brasileiro parecem encontrar em suas rememorações de Pasolini.

Palavras-chave: poesia, morte, experiência.

 


Abstract:We examine here the invocation of the words, images and especially the figure of the Italian writer and filmmaker Pier Paolo Pasolini in two decisive literary works from recent years, Gomorra, by Roberto Saviano, and Monodrama, by Carlito Azevedo – as well as in an essay by the art historian and philosopher Georges Didi-Huberman. It is the very possibility of continuing to write beyond the collapse of writing that the Italian author and the Brazilian poet seem to find in their rememorations of Pasolini.

Keywords: poetry, death, experience.


Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. «Infanzia e storia. Saggio sulla distruzione dell’esperienza». In Infanzia e storia. Distruzione dell’esperienza e origine della storia (1978). Nuova edizione accresciuta. Turim: Einaudi, 2001. pp. 3-66.

AZEVEDO, Carlito. Collapsus linguae. Rio de Janeiro: Lynx, 1991.

AZEVEDO, Carlito. Monodrama. Rio de Janeiro: 7Letras, 2009.

DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Félix. Kafka. Pour une littérature mineure. Paris: Minuit, 1975.

DIDI-HUBERMAN, Georges. L’image survivante. Histoire de l’art et temps des fantômes selon Aby Warburg. Paris: Minuit, 2002.

DIDI-HUBERMAN, Georges. «Pasolini ou la recherche des peuples perdus», Les Cahiers du Musée Nationale d’Art Moderne, 108 (été 2009a), pp. 86-115.

DIDI-HUBERMAN, Georges. «Peuples exposés (à disparaître)», Chimères, 66-67 (2008) [Morts ou vifs], pp. 21-42.

DIDI-HUBERMAN, Georges. «Peuples exposés, peuples figurants», De(s)générations, 9 (septembre 2009b) [Figure, figurants], pp. 7-17.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Survivance des lucioles. Paris: Minuit, 2009c.

FERRONI, Giulio. Dopo la fine. Sulla condizione postuma della letteratura. Torino: Einaudi, 1996.

LINS, Vera. «A poesia em tempos de guerra: uma tentativa de ler a poesia contemporânea no contexto da violência». In SELIGMANN-SILVA, Márcio, GINZBURG, Jaime e FOOT HARDMAN, Francisco (org.). Escritas da violência. V. 1: O testemunho. Rio de Janeiro: 7Letras, 2012. pp. 254-262.

PASOLINI, Pier Paolo. «Acculturazione e acculturazione» (1973). In Scritti corsari (1975), hoje em Saggi sulla politica e sulla società (1999), org. Walter Siti e Silvia De Laude, Milão: Mondadori, 2009. pp. 290-293.

PASOLINI, Pier Paolo. «Il romanzo delle stragi» (1974). In Scritti corsari (1975), hoje em Saggi sulla politica e sulla società (1999), org. Walter Siti e Silvia De Laude, Milão: Mondadori, 2009. pp. 362-367.

PASOLINI, Pier Paolo. «L’articolo delle lucciole» (1975). In Scritti corsari (1975), hoje em Saggi sulla politica e sulla società (1999), org. Walter Siti e Silvia De Laude, Milão: Mondadori, 2009. pp. 404-411.

PASOLINI, Pier Paolo. «Il vero fascismo e quindi il vero antifascismo» (1974b). In Scritti corsari (1975), hoje em Saggi sulla politica e sulla società (1999), org. Walter Siti e Silvia De Laude, Milão: Mondadori, 2009. pp. 313-318.

PASOLINI, Pier Paolo. «Il genocidio» (1974c). In Scritti corsari (1975), hoje em Saggi sulla politica e sulla società (1999), org. Walter Siti e Silvia De Laude, Milão: Mondadori, 2009. pp. 511-517.

PASOLINI, Pier Paolo. «Siamo tutti in pericolo» (1975b). Saggi sulla politica e sulla società (1999), org. Walter Siti e Silvia De Laude, Milão: Mondadori, 2009. pp. 1723-1730.

PESSANHA, Camilo. «Água morrente» [título atribuído por João de Castro Osório] (1895). In Clepsydra. Ed. Paulo Franchetti. Campinas: Editora da Unicamp, 1994. p. 100.

ROCHE, Denis. La disparition des lucioles (réflexions sur l’acte photographique). Paris: Éditions de l’Étoile, 1982.

SAVIANO, Roberto. Gomorra. Viaggio nell’impero economico e nel sogno di dominio della camorra. Milão: Mondadori, 2006.

WEINTRAUB, Fabio. «Meu primeiro bunker: imaginário bélico em Terminal, de Ronald Polito», Literatura e Autoritarismo, dossiê Imagens de devastação, no prelo.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional