Mídia e Discurso sobre Ensino de Línguas na Escola: Circulação de Saber e Posição-Sujeito para o Aluno

Marisa Grigoletto

Resumo


Resumo: A partir da análise discursiva de uma polêmica criada na imprensa brasileira em relação à abordagem da questão das variedades linguísticas do português em um livro didático aprovado pelo MEC em 2011, meu objetivo é focalizar nesse discurso as representações sobre língua e ensino na escola, para, a partir delas, refletir sobre o lugar e o modo de circulação atribuído ao conhecimento científico no ensino de língua na escola e a posição-sujeito que se delineia para o aluno nesse discurso. Argumento que, nesses processos de significação, produz-se um lugar para a escola (o de ensinar para a aplicação utilitária imediata), uma posição-sujeito para o aluno (a de sujeito pragmático) e um sentido para o ensino de línguas (instrumentalizar o aluno), além de uma dissociação entre língua e produção de conhecimento, língua e reflexão, língua e constituição subjetiva, língua e embates político-sociais, entre outras exclusões.

Palavras-chave: língua portuguesa, ensino, discurso da mídia, saber, aluno.



Abstract: This article analyses the discourse around a polemic issue raised in Brazilian press in 2011, in which a textbook for the teaching of Portuguese and distributed to schools by Brazilian Ministry of Education was criticized because it dealt with popular varieties of the language. My aim is to analyse the representations of language and language teaching in this discourse in order to reflect about the status attributed to scientific knowledge in language teaching in schools and also about the subject-position shaped for the student. I argue that this discourse produces a fixed function for the school (ie, to teach for immediate utilitarian knowledge application), a certain subject-position for the student (the position of the pragmatic subject) and a single meaning for the teaching of languages (ie, to teach the student how to use the language in practices). The result is a dissociation between language and knowledge production, language and reflection, language and subjectivity, language and socio-political struggles, amongst other exclusions.

Key words: Portuguese language, teaching, media discourse, knowledge, student.

 

 

 

 

 


Texto completo:

PDF

Referências


GRIGOLETTO, M. Língua, discurso e identidade: a língua inglesa no discurso da mídia e a construção identitária de brasileiros. Filologia e Linguística Portuguesa, nº 9, 2007, p. 213-227.

GRIGOLETTO, M. Language and the media: discourses about the English language in Brazilian media. Polifonia, v. 19, 2009, p. 81-101.

GRIGOLETTO, M. Língua inglesa na mídia brasileira: efeitos da construção de uma memória. In: Coracini, M.J.; Ghiraldelo, C.M. (Org.). Nas malhas do discurso: memória, imaginário e subjetividade. Campinas: Pontes Editores, 2011, p. 297-315.

GUIMARÃES, E. Semântica do acontecimento. Campinas: Pontes, 2002.

GUIMARÃES, E. Política de línguas na linguística brasileira. In: Orlandi, E.P. (Org.). Política linguística no Brasil. Campinas: Pontes Editores, 2007, p. 63-82.

PAYER, M. O. Processos de identificação sujeito/língua. Ensino, língua nacional e língua materna. In: Orlandi, E.P. (Org.). Política linguística no Brasil. Campinas: Pontes Editores, 2007, p. 113-123.

PÊCHEUX, M. (1975) Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Trad. E. Orlandi et al. Campinas: Editora da Unicamp, 1988.

PÊCHEUX, M. (1988) Discurso: estrutura ou acontecimento. Trad.: E. P. Orlandi. Campinas: Pontes Editores, 1990.

PFEIFFER, C. C. O saber escolarizado como espaço de institucionalização da língua. In: Guimarães, E.; de Paula, M.R.B. (Org.). Sentido e memória. Campinas: Pontes Editores, 2005, p. 27-39.

POSSENTI, S. Língua na mídia. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.




DOI: https://doi.org/10.19134/eutomia-v1i09p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




 

Qualis (CAPES): B1-LETRAS / LINGUÍSTICA; B1-EDUCAÇÃO; B1-FILOSOFIA/TEOLOGIA:subcomissão FILOSOFIA; B1-INTERDISCIPLINAR; B3-CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS; B3-HISTÓRIA; B3-PSICOLOGIA; B5-EDUCAÇÃO FÍSICA; B5-ODONTOLOGIA; B5-SERVIÇO SOCIAL; C-ARTES / MÚSICA

Diretórios:


Indexadores:

 

Directory of Open Access Journals


Associação de revistas acadêmicas latinoamericanas de humanidades e ciências sociais

Institucional