Normas de Descrição Arquivística: Uma análise comparativa no âmbito do conteúdo e contexto

Leolíbia Luana Linden, Thiago Henrique Bragato Barros, Marisa Bräscher

Resumo


Tem-se a descrição arquivística como função elementar no processo de organização e recuperação de documentos de arquivo. Trata do processo de padronização da descrição e da contribuição da normalização para a recuperação de documentos de arquivo. Apresenta os processos que levaram à normalização e aos respectivos Instrumentos Normativos de Descrição Arquivística (INDA) internacionais e nacionais. Enfatiza a importância de conteúdo e contexto serem contemplados em sua estrutura. Analisa os campos de “Identificação”, “Contexto” e “Conteúdo” em INDA com o objetivo de identificar como são percebidos dois preceitos fundamentais para descrição a análise e síntese realizada nos campos de contexto e conteúdo dos respectivos. Fundamenta como o contexto e conteúdo são contemplados nos INDA e tece considerações conceituais acerca da análise.  Contribui para a compreensão da padronização e consolidação das questões de contexto e conteúdo no processo de Representação Arquivística.

Palavras-chave


Descrição Arquivística. Normalização. Conteúdo. Contexto.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista IRIS  -  Informação, Memória e Tecnologia (ISSN: 2318-4183) é publicada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco e está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Based on a work at www.periodicos.ufpe.brPermissions beyond the scope of this license may be available at https://periodicos.ufpe.br/revistas/IRIS/index.