Um estudo sobre gestão do conhecimento em escritórios de gerenciamento de projetos na região metropolitana de Belo Horizonte

Vladimir Alexei Rodrigues Rocha, Ricardo Rodrigues Barbosa, George Leal Jamil

Resumo


A Gestão do Conhecimento, em um cenário competitivo como o atual, é uma necessidade e um desafio para as organizações. Este estudo teve como objetivo refletir em como a gestão do conhecimento é compreendida em Escritórios de Gerenciamento de Projetos (EGP). Justificou-se em função do cenário e em razão da originalidade e temporalidade dos projetos. De natureza descritiva, utilizou-se como método a análise de múltiplos casos, por julgamento não probabilístico no EGP de quatro organizações brasileiras, de segmentos diferentes. Os resultados apontaram para oito conhecimentos classificados como relevantes, cinco fatores influenciadores que facilitam e quatro que dificultam o processo de gestão do conhecimento. Além disso, foram mapeadas práticas de gestão do conhecimento entre projetos e no plano do projeto. Concluiu-se que o contexto organizacional favorável, isto é, com processos estruturados e colaboradores capacitados, seria um dos pontos principais da gestão do conhecimento em EGP e um dos seus maiores desafios.

Palavras-chave


Gestão do Conhecimento; Gestão de Projetos; Escritório de Gerenciamento de Projetos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista IRIS  -  Informação, Memória e Tecnologia (ISSN: 2318-4183) é publicada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco e está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Based on a work at www.periodicos.ufpe.brPermissions beyond the scope of this license may be available at https://periodicos.ufpe.br/revistas/IRIS/index.