Leveduras isoladas de sedimento do manguezal de barra das Jangadas, Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, Brasil

Silvia Tereza Azedo LOUREIRO, Maria Auxiliadora de Queiroz CAVALCANTI, Rejane Pereira NEVES, José Zanon de Oliveira PASSAVANTE

Resumo


Os manguezais constituem ecossistemas de transição entre os ambientes terrestre e marinho caracterizados por propriedades físico-químicas únicas, influenciando a biota local. Para se obter espécies que poderão ser utilizadas em processos biotecnológicos foram isoladas e identificadas leveduras desse ecossistema. Amostras de sedimento foram coletadas nos meses de março e abril2004 e outubro/2005 (período de estiagem), junho e julho/2004 e julho/2005 (período chuvoso). Utilizou-se 25g de cada amostra do sedimento suspensa em 225mL de água destilada esterilizada; desta suspensão 10mL foi adicionada a 990mL de água destilada esterilizada, da qual 1mL foi espalhado na superfície do meio Sabouraud acrescido de extrato de levedura e cloranfenicol, contidos em placas de Petri em triplicata. As placas foram armazenadas a TA. Foram isoladas 32 espécies de leveduras distribuídas nos gêneros; Candida (25), Trichosporon (3), Kluyveromyces (2), Rhodotorula (1), Debaryomyces (1). Palavras chave: manguezal; sedimento; leveduras.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5914/tropocean.v39i1.5177

Apontamentos

  • Não há apontamentos.