PERFIL FUNERÁRIO DO SÍTIO TOCA DA BAIXA DOS CABOCLOS, PI

Anne-Marie Pessis, Daniela Cisneiros, Ledja Leite

Resumo


Esta pesquisa objetivou estudar as práticas funerárias realizadas nos nove enterramentos evidenciados no sítio Toca da Baixa dos Caboclos/PI. Fundamentada em uma perspectiva conservadora, este estudo defendeu a hipótese de que a manutenção do sítio como espaço funerário poderia apontar a manutenção das próprias práticas funerárias dispensadas aos enterramentos nele evidenciados. Buscando validar esta hipótese, este trabalho se utilizou de uma metodologia ordenada e sistemática que permitiu reconstituir o Perfil Funerário do Sítio Toca da Baixa dos Caboclos, a partir da reconstituição dos seus respectivos Perfis das Unidades Funerárias. Segundo esta metodologia foi possível tecer considerações sobre as práticas funerárias dispensadas particularmente a cada enterramento e, ao mesmo tempo, entre todos os enterramentos estudados. Concomitantemente, o estudo da distribuição crono-espacial dos enterramentos possibilitou inferências acerca do aproveitamento do espaço interno do sítio, em distintos momentos cronológicos. Como resultado, foram identi&cadas recorrências relacionadas às práticas funerárias e também ao próprio agenciamento do espaço funerário.

 

ABSTRACT

This research aimed to study the funerary practices realized in nine burials evidenced in the archaeological site Toca da Baixa dos Caboclos/PI. Based on a conservative perspective, this study supported the hypothesis that maintaining the site as a burial space could point to maintenance of their own funerary practices. Trying to validate this hypothesis, this study used a methodology systematic and ordered to reconstruct the Funerary Profile of site Toca da Baixa dos Caboclos, from the reconstitution of their respective Profiles of Funerary Units. According to this approach it was possible to comment on the funerary practices dispensed to every burial and at the same time, among all burials studied. At the same time, the study of chrono-spatial distribution of burials allowed inferences about the use of internal space of the site at di0erent moments chronological. As a result, recurrences identi&ed were related to funerary practices and also in their own funerary use of internal space of the archeological site.

Key words: Prehistory; Funerary practices; Funerary Profile; Toca da Baixa dos Caboclos-PI.





Palavras-chave


Pré-história; Práticas funerárias; Perfil funerário; Toca da Baixa dos Caboclos-PI

Texto completo:

PDF

Referências


BINFORD, L. Mortuary practices: their study and their potential. In: BROWN, J. A. (Ed.). Approaches to the social dimensions of mortuary practices. Memoirs of the American Archaeology Society, n. 25, Issue as American Antiquity, 1971.

CASTRO, V. M. C. de. Marcadores de identidades coletivas no contexto funerário pré-histórico no Nordeste do Brasil. Tese (Doutorado em Arqueologia), Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2009.

CISNEIROS, D. Práticas funerárias na pré-história do Nordeste do Brasil. Dissertação (Mestrado em História), Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2003.

GUIDON, N. LUZ, F. Sepultamentos na Toca do Enoque, Serra das Confusões - PI. FUMDHAmentos, v. 1, n. 8, 2009.

GUIDON, N.; PARENTI, F.; OLIVEIRA, C.; VERGNE, C. Nota sobre a sepultura da Toca dos Coqueiros, Parque Nacional Serra da Capivara, Brasil. Clio - Série Arqueológica, Recife, v. 1, n. 13, p. 187–192, 1998.

GUIDON, N.; VERGNE, C.; VIDAL, I. A. Sítio Toca da Baixa dos Caboclos. Um abrigo funerário do enclave arqueológico do Parque Nacional Serra da Capivara. Clio - Série Arqueológica, Recife, v. 1, n. 13, p. 127–138, 1998.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. Tradução de Laurent Leon Scha_er. São Paulo: Vértice, 1990.

MARTIN, Gabriela. Pré-história do Nordeste do Brasil. Recife: Editora Universitária da UFPE, 2008.

OLIVEIRA, C. A. A cerâmica pré-histórica no Brasil: avaliação e proposta. Dissertação (Mestrado em História)-Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 1990.

__________. Estilos tecno-tipológicos da cerâmica pré-histórica no Sudeste do Piauí – Brasil. Tese (Doutorado em Arqueologia) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

PESSIS, A-M. Identidade e classicação dos registros grácos pré-históricos do nordeste do Brasil. Clio - Série Arqueológica, v. 1, n. 8, 1992.

SAXE, A. Social dimensions of mortuary practices. Tese (PhD)-University of Michigan: Ann Arbor, 1970.

TAINTER, J. A. Mortuary practices and their study of prehistoric society. In: SCHIFFER, M. B. Advances in Archaeological Method and (eory, 1, 1978.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2448-2331

© 1984-2020 CLIO Arqueológica 
Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
Programa de Pós-Graduação em Arqueologia
Centro de Filosofia e Ciências Humanas, 10º andar
Avenida da Arquitetura, S/N - Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil

 

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License

 

UFPE LOCKSS Open Access

 

Instituições de referência para a CLIO Arqueológica:

Capes ABEC Fumdham INAPAS LatinRev