REFLEXÕES EM TORNO DA UTILIZAÇÃO DO ANTIPLÁSTICO COMO ELEMENTO CLASSIFICATÓRIO DA CERÂMICA PRÉ-HISTÓRICA

Marcos Albuquerque

Resumo


A partir da introdução do método para estabelecimento de cronologias culturais proposto por Ford (1952) e posteriormente desenvolvimento por Meggers & Evans (1970), o antiplástico passou a desempenhar papel de extraordinária relevância do processo de classificação da cerâmica pré-histórica brasileira.

Palavras-chave


Cerâmica Pré-Histórica; Análise cerâmica; Cronologia

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2448-2331

© 1984-2020 CLIO Arqueológica 
Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
Programa de Pós-Graduação em Arqueologia
Centro de Filosofia e Ciências Humanas, 10º andar
Avenida da Arquitetura, S/N - Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil

 

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License

 

UFPE LOCKSS Open Access

 

Instituições de referência para a CLIO Arqueológica:

Capes ABEC Fumdham INAPAS LatinRev