O SÍTIO ARQUEOLÓGICO PEDRA DO ALEXANDRE, SERIDÓ, RIO GRANDE DO NORTE: Principais resultados de estudos, os sepultamentos e perspectivas para o futuro

Sérgio Francisco Serafim Monteiro da Silva, Ana Solari

Resumo


Este artigo teve por base rever os principais resultados de investigações arqueológicas realizadas entre os anos 1990 e 2020 no sítio Pedra do Alexandre, Seridó, Rio Grande do Norte, com pinturas rupestres e sepultamentos humanos. Durante este processo, foram identificados três problemas de pesquisa: caracterização da tradição dos registros rupestres; a geomorfologia e paleoambiente e a formação do depósito arqueológico; as práticas funerárias e as características bioarqueológicas, com ênfase neste artigo. As prerrogativas para o futuro demandam o uso de tecnologia para análises bioquímicas, radiocarbônicas e isotópicas para a interpretação do processo de povoamento regional, como também novos dados sobre dieta, paleopatologia e reconstituição do paleoambiente.

 

THE PEDRA DO ALEXANDRE ARCHAEOLOGICAL SITE, SERIDÓ, RIO GRANDE DO NORTE: Main Results of Studies, Burials and Perspectives for the Future

 

ABSTRACT

This article is intended to review the main results of archaeological investigations carried out between the 1990s and 2020 at the Pedra do Alexandre site, Seridó, Rio Grande do Norte, with cave paintings and human burials. During this process, three research problems were identified: characterization of the tradition of rock records; geomorphology and paleoenvironment and the formation of the archaeological deposit; funerary practices and bioarchaeological characteristics, with emphasis on this article. The prerogatives for the future demand the use of technology for biochemical, radiocarbon and isotopic analyzes for the interpretation of the regional population process, as well as new data on diet, paleopathology and paleoenvironmental reconstitution.

Keywords: Pedra do Alexandre; archaeological research; human burial


Palavras-chave


Pedra do Alexandre; pesquisas arqueológicas; sepultamentos humanos

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, Alice. 1982. “Tradições e estilos na arte rupestre no nordeste brasileiro”. Clio, n.5. 91-104.

ALBANO, Rosângela. 1982. “Bibliografia sobre arte rupestre”. Arquivos do Museu de História Natural, v. 4-5, 185-187.

ALMEIDA, Marcellus d’Almeida de. 2014. Análises tecnológicas e funcionais das indústrias líticas de quatro sítios arqueológicos no Seridó Potiguar. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Arqueologia, Universidade Federal de Pernambuco. Recife.

ASÓN VIDAL, Irma. 2010. “Escolhas simbólicas na ocupação dos Sítios com Arte Rupestre na área arqueológica do Seridó, RN, PB”. Anais do Congresso Internacional de Arte Rupestre. FUMDHAMENTOS, v.2 (9), 77-81.

____________. 1995-1996. “Las representaciones itifálicas en las pinturas rupestres de la tradición Nordeste, sub-tradición Seridó, Rio grande do Norte”. Clio - Série Arqueológica, v.1 (11), 141-151.

AZEVEDO, Renata L.; SANTANA, S.T.; KHOURY, H. J.; SULLASI, H. S. L.; BORGES, F. M.; MARTIN, G.; PESSIS, A-M. 2011. “Datação por termoluminescência de fogueira pré-histórica do sítio arqueológico Baixa do Umbuzeiro (RN)”. Revista Brasileira de Pesquisa e Desenvolvimento. Rio de Janeiro: CNEN, v. 13, 116-121.

BORGES, Fábio Mafra. 2010, Os Sítios Arqueológicos Furna do Umbuzeiro e Baixa do Umbuzeiro: caracterização de um padrão de assentamento na área arqueológica do Seridó-Carnaúba dos Dantas-RN, Brasil. Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em Arqueologia, Universidade Federal de Pernambuco. Recife.

BRITO, Francisco de Paula. 2011. Análise de gravuras rupestres Pré-históricas das bacias hidrográficas do Espinharas/Sabugi/Quipauá- Barra Nova no Seridó Ocidental-RN. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Arqueologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

CASTRO, Viviane. M. C. de. 2009. Marcadores de identidades coletivas no contexto funerário pré-histórico no Nordeste do Brasil. Tese de Doutorado, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

CHAGAS JUNIOR, José N. 2017. Arqueologia espacial no Seridó Potiguar: análise e interpretação arqueológica do território na bacia hidrográfica do rio Carnaúba. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação de Arqueologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

DANTAS, José de Azevêdo. 1994. Indícios de uma Civilização Antiquíssima. (Biblioteca Paraibana, v. XI). João Pessoa: A União/Governo do Estado da Paraíba/Secretaria de Educação e Cultura/Fundação Casa de José Américo/Instituto Histórico e Geográfico da Paraíba.

FARIAS, Allysson Allan de. 2013. Diagênese óssea em ambiente semiárido Brasileiro: modelagem e experimentações com sedimentos do sítio Pedra do Alexandre. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Arqueologia, Universidade Federal de Perambuco Recife.

FONTES, Mauro Alexandre Farias. 2003. A Cerâmica Pré-história da área arqueológica do do Seridó-RN. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

GOLDMEIER, V.A. 1989. “Geomorfologia de alguns sítios pré-históricos do Seridó-RN”. Clio- Série Arqueológica, v.5, 33-40.

GUIDON, Niède. ; BUCO, C. A. 2006. “Zone 3: Brésil - Nordeste - Etats du Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte et Paraiba”. In: Icomos - World Heritage Convention (Org.). Rock Art of Latin America & The Caribbean. Paris: ICOMOS, 122-137.

LAROCHE, Armand François Gaston. 1988. “Aspecto da cerâmica pré-histórica do Rio Grande do Norte”. In: Cerâmica. São Paulo: Órgão Oficial da Associação Brasileira de Cerâmica, a.34, v.34 (219), 27-28.

__________. 1980. “Contribuições por datações do C-14 às pesquisas arqueológicas nordestinas (Pernambuco e Rio Grande do Norte até 1980)”. Suplemento, n.5. Natal: Museu Câmara Cascudo, UFRN.

LUFT, Vlademir. 1989. “Os Restos Alimentares do Sítio Mirador, no Boqueirão de Parelhas, RN”. Clio- Série Arqueológica, v.5, 27-32.

MACEDO H. A. M. de. 1999. A antiguidade do homem no Rio Grande do Norte. A pré-história do espaço norte-riograndense. História do RN n@ WEB [On-line]. Disponível em: World Wide Web: . Acesso em: 28 mar. 2020.

MARTIN, Gabriela. 1995-1996. “O cemitério pré-histórico “Pedra do Alexandre”, Carnaúba dos Dantas-RN. Clio - Série Arqueológica (UFPE), v. 1 (11), 43-57.

__________. 1994. “Os rituais funerários na Pré-História do Nordeste”. Clio - Série Arqueológica, v. 1, (10), 29-46.

__________. 1999. Pré-História do Nordeste do Brasil. Recife: Editora da UFPE.

__________. 1999. “10 mil anos do homem pré-histórico no Rio Grande do Norte”. In: MARTIN, Gabriela; CASTRO, Nei Leandro de (coords.). Terra Potiguar: uma viagem pela beleza e pela cultura do Rio Grande do Norte. Barcelona: Bustamante Editores, 24-39.

__________. 2007. “A Arte rupestre do Seridó, na Paraíba e no Rio Grande do Norte”. 1º Seminário Internacional sobre Preservação da Arte Rupestre nos Sítios do Patrimônio Mundial, 2004. FUMDHAMENTOS, n.1, 7-36.

__________. 1989. “A subtradição Seridó de pintura rupestre pré-histórica do Brasil”. Clio - Série Arqueológica, n.5, 19-26.

__________. 2010. “A Tradição Nordeste na área arqueológica no Seridó, no Rio Grande do Norte: a Furna do Messias como exemplo de evolução da subtradição Seridó”. Anais do Congresso Internacional de Arte Rupestre. Junho-julho de 2009. FUMDHAMENTOS, v.2, (9), 83-90.

__________. 1985. “Arte rupestre no Seridó (RN): o sítio Mirador do Boqueirão de Parelhas”. Clio - Série Arqueológica, n. 2, 81-95.

__________. 1982. “Casa Santa: um abrigo com pinturas rupestres do estilo Seridó, no Rio Grande do Norte”. Clio - Revista do Curso de Mestrado em História, n.5, 55-78.

__________. 2003. “Fronteiras estilísticas e culturais na Arte Rupestre do Seridó RN”. Clio - Série Arqueológica, n.16, 14-28.

__________. 1982. “Indústrias de pontas de projétil no Rio Grande do Norte”. Clio - Revista do Curso de Mestrado em História, n.5, 81-90.

__________. Novos dados sobre as pinturas rupestres do Seridó, no Rio Grande do Norte. Clio - Série Arqueológica (UFPE), n.4, 141-147, 1991 (número extraordinário do I Simpósio de Pré-história do Nordeste Brasileiro, Recife, 1987).

__________. 1984. “O estilo Seridó na arte rupestre do Rio Grande do Norte”. Arquivos do Museu de História Natural, v.6-7, Atas da I Reunião Científica da Sociedade de Arqueologia Brasileira (1981-1982), 379-382.

__________. 1996. “Os sítios rupestres do Seridó, no Rio Grande do Norte (Brasil), no contexto do povoamento da América do Sul”. Anais da Conferência Internacional sobre o Povoamento das Américas, São Raimundo Nonato, PI, Brasil (1993). FUMDHAMENTOS, n.1, 339-346.

__________. 1995. “The Seridó sub-tradition of Rock Painting in Brazil”. In: STEINBREING, J. (ed.) Rock Art Studies in America. Oxford: Oxbow Monographs, 129-136.

__________. 2000. Relatório de Pesquisas Arqueológicas nos Sítios Pedra do Alexandre e Mirador. Recife: UFPE.

MARTIN, Gabriela; BORGES, Fabio Mafra; SENA, Vivian Karla de; SALDANHA, Rafael S. Medeiros; ALMEIDA, Marcellus; NOGUEIRA, Mônica A. Araújo; BARBOSA, Caio C. Araújo. 2008. “Levantamento Arqueológico na Área Arqueológica do Seridó-Rio Grande do Norte- Brasil: Nota Prévia”. Clio - Série Arqueológica, v. 2, (23), 1-18.

MARTIN, Gabriela; MEDEIROS, Elisabeth. 2008. “A Furna do Messias. Um Sítio com pinturas rupestres na área arqueológica do Seridó, no Rio Grande do Norte”. Clio - Série Arqueológica, v. 2, (23), 70-86 (CD).

MARTIN, Gabriela; OLIVEIRA, Cláudia; COSTA, Adrienne; MUTZEMBERG, Demétrio; SENA, Vivian Karla de; MENDONÇA, Lucileide; BORGES, Lucila; PESSOA, Gabriela; RIOS, Carlos; VAUS, Marcela. 2006. “Escavação Arqueológica do Sítio Casa Santa, Carnaúba dos Dantas, RN”. (Relatório). Clio - Série Arqueológica, v. 2, (21), 299-332.

MEDEIROS, Tarcísio. 1985. Proto-história do Rio Grande do Norte. Rio de Janeiro: Ed.Presença/Natal: Fundação José Augusto.

MELLO e ALVIM, M. C. de; UCHÔA, D. P.; SILVA, S. F. S. M. da. 1995-1996. “Osteobiografia da população pré-histórica do abrigo Pedra do Alexandre. Carnaúba dos Dantas, RN”. Clio - Série Arqueológica, v.1, (11), 17-42.

MUTZENBERG, Demétrio da Silva. 2007. Gênese e ocupação Pré-histórica do Sítio Arqueológico Pedra do Alexandre: uma abordagem a partir da caracterização paleoambiental do Vale do Rio Carnaúba-RN. Dissertação de Mestrado, Programa de PósGraduação em Arqueologia. Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

NASSER, Nassaro A. de Souza. 1974. “Nova contribuição à arqueologia do Rio Grande do Norte”. Programa Nacional de Pesquisas Arquelógicas - PRONAPA, 5. Resultados preliminares do Quinto Ano, 1969-1970. (Publicações avulsas, 26). Belém: Museu Paraense Emílio Goeldi. 155-164.

NASSER, Nassaro A. de Souza.; CABRAL, Elizabeth M. 1964. “Informações sobre inscrições rupestres no Rio Grande do Norte”. Separata dos Arquivos do Instituto de Arqueologia. Natal: Universidade do Rio Grande do Norte.

NOGUEIRA, Mônica Almeida Araújo. 2011. A Cerâmica Tupinambá na Serra de SantanaRN: o sítio arqueológico Aldeia da Serra de Macaguá I. Dissertação de Mestrado, Programa

de Pós-Graduação em Arqueologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

QUEIROZ, Albérico N. 2001. Contribution à l’étude archéozoologique des vertebres de cinq sites préhistoriques de trois régions du Brésil. Tese de doutorado, Universidade de Genebra, Suíça.

__________. 2002. “Fauna de vertebrados do sítio arqueológico Pedra do Alexandre, Carnaúba dos Dantas, RN: uma abordagem zooarqueológica e tafonômica”. Clio - Série Arqueológica, n. 15, 267-282.

QUEIROZ, Albérico N.; CARDOSO, G. M. B. 1995. “Nota prévia sobre a fauna holocênica de vertebrados do Sítio Arqueológico “Pedra do Alexandre”, Carnaúba dos Dantas-RN, Brasil”. Clio - Série Arqueológica, v. 1, (11), 137-140.

RAMOS, Ana Catarina Peregrino Torres. 1992. “Aplicação de técnicas de análises físicoquímicas em pigmentos do sítio Pedra do Alexandre- Rio Grande do Norte”. In: SOUZA, A.M. de; GASPAR, M.D.; SEDA, P. (ed.). Anais da 6º Reunião Científica da Sociedade de Arqueologia Brasileira. Rio de Janeiro: SAB, CNPq/FINEP/UNESA, v.1, 381-388.

__________. 1995-1996. “Estudo dos pigmentos do sítio Pedra do Alexandre Carnaúba dos Dantas – RN”. Clio - Série Arqueológica, v.1, (11), 59-70.

__________. 1995. O Sítio Pré-Histórico Rupestre Pedra do Alexandre em Carnaúba dos Dantas, RN: estudo dos pigmentos. 1995. Dissertação de Mestrado, Programa de PósGraduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

__________. 1994. “O uso de raios-X na identificação de jazidas minerais. O sítio “Pedra do Alexandre” - RN”. Clio - Série Arqueológica, v.1, (10), 21-24.

SALDANHA, Rafael Sebastian Medeiros. 2014. Riacho das Relíquias: contribuição aos sítios ao Céu Aberto em Carnaúba dos Dantas-RN, Brasil. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Arqueologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

SANTOS JÚNIOR, Valdeci dos. 2005. “Registros Rupestres na área Arqueológica de Santana (RN)”. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Arqueologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

SANTOS, Adelson Antônio da Silva. 1997. Paleopatologia do Sítio Pré-Histórico Pedra do Alexandre- Carnaúba dos Dantas-RN. Brasil: avaliação epistemológica, radiológica e histopatológica. Tese de Doutorado, Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

SANTOS, André Luiz Campelo dos. 2016. Estudo da Diagênese Óssea e Experimento de Datação Direta dos Sepultamentos do Sítio Arqueológico Pedra do Alexandre - RN. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

SANTOS, Camila Ferreira dos. 2020. Adornos corporais no Nordeste do Brasil: tecnologia, usos e funções. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Arqueologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

SILVA, Adrienne Costa da. 2003. As Representações Zoomórficas na Subtradição Seridó. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em Arqueologia, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

SOLARI, Ana; MARTIN, Gabriela; SILVA, Sergio F. S. M. da. 2016(b) “A presença infantil no registro bioarqueológico de Pedra do Alexandre (Carnaúba dos Dantas, RN, Brasil)”. Revista FUMDHAMentos, v. 1, (13), 4-30.

SOLARI, Ana; PESSIS, Anne-Marie; MARTIN, Gabriela; SILVA, Sergio F. S. M. da. 2018. “Patologias invisíveis na Bioarqueologia da Infância”. Revista de Arqueologia, v. 31, (2), 103-117

SOLARI, Ana; SILVA, Sergio F. S. M. da; MARTIN, Gabriela. 2016(a). “Estudos de antropologia dental na população do sítio arqueológico Pedra de Alexandre, Carnaúba dos Dantas, RN (9.000-2.000 AP)”. Clio - Série Arqueológica, v.31, (2), 14-58.

SOLARI, Ana; SILVA, Sergio F. S. M.da; OLIVEIRA, Raiane. 2015. “Antropologia dental no sítio arqueológico Pedra do Alexandre, Carnaúba dos Dantas, RN (1.500 a 10.000 A. P)”. XVIII Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira (SAB). Goiania, Brasil (poster).

SULLASI, Henry S. L.; SANTOS, André l. C.; SILVA SIMÕES, Simone; MARTIN, Gabriela; SILVA, Sergio F. S. M.; FARIAS, Allysson A. 2017. “A Note on Diagenetic Parameters for Bone Remains from Pedra do Alexandre Paleoamerican Site Without Sample Destruction”. Revista FUMDHAmentos, v.19, 74-85.

VALLE, Raoni Bernardo Maranhão. 2003. Gravuras Pré-históricas da área arqueológica do do Seridó Potiguar/Paraibano: um estudo técnico e cenográfico. Dissertação de Mestrado, Programa de Pós-Graduação em História, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

VIDAL, Irma A. 2002. “Projeto arqueológico do Seridó: Escavação no Sítio Pedra do Chinelo, Parelhas, Rio Grande do Norte. Primeiros resultados”. Clio - Série Arqueológica, v. 1, (15), 157-169.




DOI: https://doi.org/10.20891/clio.V35N3p117-169

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2448-2331

© 1984-2020 CLIO Arqueológica 
Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
Programa de Pós-Graduação em Arqueologia
Centro de Filosofia e Ciências Humanas, 10º andar
Avenida da Arquitetura, S/N - Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil

 

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License

 

UFPE LOCKSS Open Access

 

Instituições de referência para a CLIO Arqueológica:

Capes ABEC Fumdham INAPAS LatinRev