METODOLOGIAS ATIVAS: A AVALIAÇÃO ALÉM DO CRITÉRIO FORMAL DE CLASSIFICAÇÃO DE ALUNOS

Thiago Breno de Medeiros Carmo

Resumo


Variadas metodologias de ensino são empregadas diariamente para o ensino e avaliação dos conteúdos de geografia no ambiente escolar, cabendo, sobretudo, ao professor da disciplina a disponibilização dos meios necessários ao desenvolvimento dos educandos, numa maneira eficaz e respeitosa as diferentes realidades extraescolares de cada sujeito. Neste sentido, a utilização de metodologias ativas, traz consigo a possibilidade de desenvolvimento das capacidades de reflexão a partir dum processo de ensino-aprendizagem dinâmico e participativo, posicionando os alunos num contexto ativo de suas formações. Aqui se propôs investigar as possibilidades de desenvolvimento dos alunos a respeito da conceituação e diferenciação das características físicas das regiões: Nordeste e Sul do Brasil, acima de tudo, pelo uso da lógica com premissas e conclusões e avaliação coletiva. Para a obtenção de tal percepção, foi realizada uma investigação bibliográfica que incorporou os saberes e conhecimentos de importantes autores que versam sobre o viés aqui estudado. Já as percepções obtidas de forma prática, se deram na fase de campo do estudo, realizada nos dias 6 e 7 de agosto de 2019, na escola estadual: Professor Custódio Pessoa, situada no bairro de Paratibe, Paulista – PE, e direcionada a 29 alunos, do 7° ano do ensino fundamental II. Consolidando o que se esperava em relação a menores índices de insegurança quanto as avaliações escolares e maiores índices de assimilação de conteúdos propostos de maneira ativamente reflexivas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN da Revista Educat é 2675-2344.