O DESENVOLVIMENTO MOTOR DE CRIANÇAS DE 3 A 6 ANOS NA EDUCAÇÃO INFANTIL APLICADO A EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR

Rennan Regys dos Santos Silva, Iberê Caldas Souza Leão, Dayana da Silva Oliveira

Resumo


Introdução: A Educação Física Escolar é entendida como uma base para o conhecimento da cultura corporal, utilizando-se de movimentos para desenvolver progressos no processo educativo e motor do estudante. As aulas de Educação Física infantil são as primeiras vivências de atividades que desenvolvem habilidades, capacidades e qualidades físicas sem deixar de lado a exploração do lúdico, pois é de fundamental importância no ensino aprendizagem da criança. O desenvolvimento motor é um processo de aquisição e aumento da complexidade do movimento que um indivíduo possui. Na infância essa progressão é percebida com maior facilidade, onde a criança progredirá, aos poucos, de um movimento mais simples para um mais complexo. Objetivo: Identificar por meio de revisão bibliográfica o papel da Educação Física no desenvolvimento motor de escolares de 3 a 6 anos de idade. Método: O presente estudo foi uma revisão bibliográfica, de abordagem qualitativa acerca do desenvolvimento motor de escolares do ensino infantil, de idades entre 3 a 6 anos. A pesquisa de dados foi realizada nas bases de dados Scielo, Biblioteca Virtual de Saúde (BVS), Pubmed e periódicos CAPES. Resultados e Discussão: A Educação Física no ensino infantil possibilita uma melhora no desenvolvimento motor de crianças de 3 a 6 anos, visto que as atividades motoras propostas principalmente por um profissional da Educação Física e realizadas por essas crianças, visam o desenvolvimento e a aprendizagem de movimentos futuros. Conclusão: A Educação Física como disciplina na Educação Infantil, se mostrou importante para o desenvolvimento motor das crianças de 3 a 6 anos. Nessa fase os aspectos cognitivos, afetivos e sociais da criança precisam ser estimulados e a Educação Física, por meio de ferramentas de ensino aprendizagem, pode proporcionar ao educando esse estímulo de forma prazerosa e eficaz.

Palavras-Chave: Desenvolvimento Motor, Educação Física Escolar, Ensino Infantil.


Texto completo:

PDF

Referências


BASEI, A, P. A Educação Física na Educação Infantil: a importância do movimentar-se e suas contribuições no desenvolvimento da criança. Revista Ibero americana de Educación, Madrid, v. 47, n. 3, p. 1-12, 2008.

DA SILVA MELLO, A. et al. Educação física na educação infantil: produção de saberes no cotidiano escolar. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Brasília, v. 36, n. 2, p. 467- 484, 2014.

GALLAHUE, D. L.; OZMUN, J. C.; GOODWAY, J. D. Desenvolvimento Motor: Um Modelo Teórico. In: GALLAHUE, D. L.; OZMUN, J. C.; GOODWAY, J. D. Compreendendo o desenvolvimento motor: bebês, crianças, adolescentes e adultos. 7. ed. Porto Alegre: Amgh, 2013. p. 187-291.

GALLAHUE, D. L.; DONNELLY, F. C. Educação Física Desenvolvimentista para Todas as Crianças. São Paulo, Phorte, 2008.

HAYWOOD, K. M.; GETCHELL, Desenvolvimento Motor ao longo da vida. 5. ed. Artmed, 2010.

NETO, F. R. et al. Desenvolvimento motor de crianças com indicadores de dificuldades na aprendizagem escolar. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, Brasília, v. 15, n. 1, p. 45-52, 2008.

NISTA-PICOLLO, V. L.; MOURA, W. W. Corpo em Movimento na Educação Infantil. São Paulo: Cortez, 2012. 1 v. (Educação Física Escolar).

NOBRE, F. S. S; VALENTINI, N. C. O contexto de desenvolvimento motor de escolares do semiárido: contribuições do modelo processo‐contexto. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Brasília, v. 38, n. 2, p. 132-138, 2016.

NUNES, L. C. et al. Perfil de estudantes dos anos iniciais com baixo rendimento escolar: importância da educação física na escola. Rev. bras. ciênc. movimento, Brasília, v. 22, n. 2, p. 36-46, 2014.

PANSERA, S. M; DE PAULA, P. R; VALENTINI, N. C. Educação Física no Ensino Infantil: Sua influencia no desempenho das habilidades motoras fundamentais. Cinergis, Santa Cruz do Sul, v. 9, n. 2, p. 25-32, 2008.

RODRIGUES, D. et al. Desenvolvimento motor e crescimento somático de crianças com diferentes contextos no ensino infantil. Motriz, Rio Claro, v. 19, n. 3, p.49-56, set. 2013.

SARAIVA, L; RODRIGUES, L. P; BARREIROS, J. Adaptação e validação da versão portuguesa Peabody Developmental Motor Scales-2: um estudo com crianças pré-escolares. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 22, n. 4, p. 511-521, 2011.

SORATO, M; HUF, T; MIRANDA, S. A importância da Educação Física Escolar. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 9., 2009, Curitiba, Anais [...] Curitiba: PUCPR, p. 01-08, 2009.

STEIN, I. et al. Educação Física na Educação Infantil: uma revisão sistemática. Cinergis, Santa Cruz do Sul, v. 16, n. 4, p. 01-07, 2015.

TANI, Go. Comportamento motor e sua relação com a Educação Física. Brazilian Journal of Motor Behavior, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 20-31, nov. 2006.

UGRINOWITSCH, H; BENDA, R. N. Contribuições da Aprendizagem Motora: a prática na intervenção em Educação Física. Rev. Bras. Educação. Fís. Esporte, São Paulo, v. 25, n. 25, p. 25-35, dez. 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.