CULTURA, REPRESENTAÇÃO E IDENTIDADE NO FUTEBOL: O ESPORTE NA ÓTICA DO PERTENCIMENTO E PATRIMÔNIO

Vinícius Triches

Resumo


Introdução: Considerado o esporte mais popular do mundo, o futebol é cada vez mais observado em seus elementos principais, estes sendo vistas através das partidas, territórios, rivalidades, sentimentos e outras formas de expressão associadas. Objetivo: Perceber determinados elementos da identidade, representação e cultural popular vinculados ao esporte, adotando as noções de pertencimento clubístico e patrimônio. Método: Foi realizada pesquisa exploratória, de acordo com o alcance de desenho, e pesquisa bibliográfica, quanto aos procedimentos técnicos. Resultados e Discussão: O pertencimento clubístico consolida-se com a adesão ao clube, escolha esta que determinará uma identidade ao torcedor cujo vínculo será exclusivo e imutável. Tal vínculo será reforçado pela representação afetiva do seu patrimônio, constituído de elementos que devem ser defendidos, aceitos e acreditados permanentemente. Conclusão: Independente das polêmicas momentâneas, das posições pessoais relativas ao papel exercido pelo esporte na esfera social, é imprescindível reconhecer que o futebol é um elemento importante para a compreensão das diferentes realidades sociais, visto os variados olhares possíveis a partir do universo futebolístico.

Texto completo:

PDF

Referências


DAMO, A. S. Para o que der e vier: o pertencimento clubístico no futebol brasileiro a partir do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (Dissertação de Mestrado), Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul,

Porto Alegre, 1998.

Futebol e identidade social: uma leitura antropológica das rivalidades entre torcedores e clubes. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 2002.

Do dom à profissão: uma etnografia do futebol de espetáculo a partir da formação de jogadores no Brasil e na França. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Tese (Doutorado em Antropologia), Porto Alegre, 2005.

Dom, amor e dinheiro no futebol de espetáculo. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v. 23, n. 66, fev. 2008.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

MORATO, M. P. A dinâmica da rivalidade entre pontepretanos e bugrinos. In: DAOLIO, J. (org.).

Futebol, cultura e sociedade. Campinas, SP: Autores Associados, 2005.

REIS, H. H. B. Futebol e violência. Campinas: Armazém do Ipê (Autores Associados), 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.