As raízes europeias do ambientalismo norte-americano: Rousseau no novo mundo

Maria José Varandas

Resumo


Este artigo expõe a  influência  do  naturalismo rousseano  nos  pioneiros ambientalistas  da  Nova Inglaterra (Emerson, Thoreau e Muir), cuja filosofia da natureza estruturou os principais eixos conceptuais  da  ética  ambiental  no  século  xx.  A  saber,  a  defesa  do  primado  da  natureza  na
definição do humano e da cultura, a crítica à concepção materialista de progresso, a rejeição do antropocentrismo,  a  afirmação da  unidade  homem/natureza,  a  indagação  ontológica  sobre  a verdade e o bem, e a pressuposição da dimensão ética da natureza humana

Palavras-chave


Unidade homem/natureza; contemplação ético-estética; metafísica do belo; alienação; conservacionismo versus preservacionismo; ética ambiental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.