RESISTÊNCIA E LIBERDADE NA CRÍTICA DA RAZÃO POLÍTICA DE MICHEL FOUCAULT: A FILOSOFIA COMO PRÁTICA DA PARRHESÍA

Christian Fernando Ribeiro Guimarães Vinci

Resumo


Esse artigo se dispõe a analisar a crítica da razão política elaborada pelo último Foucault, sua filiação à tradição crítica kantiana bem como seu ultrapassamento e a exigência por uma nova ética pautada em valores estéticos. Procedendo à leitura e análise de alguns textos escritos entre finais da década de 1970 e início da de 1980, buscaremos elucidar o projeto ético-estético-político foucaultiano através de seu projeto crítico, salientando a importância da análise arque-genealógica para a compreensão das artes de governo moderna e da ontologia de nós mesmos. Trazer à tona os questionamentos do filósofo francês em seus últimos escritos torna possível uma atualização do papel do pensamento filosófico: buscar a denúncia dos abusos da racionalidade ligada às práticas de poder, bem como reativar a possibilidade da liberdade nos cenários nos quais o poder atua de modo irrestrito. A busca por uma outra ética, capaz de romper com os limites do pensamento representativo, se faz necessária dentro deste cenário: recusar o que somos e nos moldar em um outro sistema de pensamento para, então, atingirmos uma real prática refletida da liberdade. Importa ainda investigar a importância do conceito de parrésia, aqui traduzida por dizer-verdadeiro, desenvolvida nos últimos cursos ministrados por Michel Foucault no Collège de France para se atingir a máxima potência na revolta ética preconizada pelo filósofo.

Palavras-chave


Michel Foucault; Filosofia Política; Crítica da Razão Política

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Revista Perspectiva Filosófica - ISSN: 2357-9986

Esta é uma revista de acesso aberto. Isto significa que todo o conteúdo está disponível de maneira livre e gratuita para o usuário (a) ou para sua instituição. Aos usuários (as) é permitido ler, fazer download, copiar, distribuir, imprimir, fazer buscas e usar o link para os textos completos de artigos ou usá-lo para qualquer outra finalidade legal, sem ter que pedir permissão para editores ou autores. 

Licença Creative Commons
Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva Filosófica está indexada atualmente pelo DIADORIM, pelo Sumário.org, pelo Google Scholar, pela REDIB e pelo LATINDEX.