A pós-modernidade e a morte das metanarrativas: um discurso de legitimação do capitalismo

Iron Mendes de Araujo, Itamar Nunes da Silva

Resumo


Considerando a importância da luta de ideias para a afirmação de um projeto político alternativo ao sistema capitalista mundial e a hegemonia adquirida hoje no ambiente acadêmico bem como na mídia em geral, pelos pensadores da chamada pós-modernidade, o presente artigo visa analisar os pressupostos teóricos das ideias pós-modernas que apontam para um cancelamento das alternativas políticas , na medida em que sepultam as metanarrativas da modernidade. Sem o caminho de uma transformação social radical à vista, os pós-modernos voltam-se para os diversos aspectos da vida social, em especial aqueles que objetivavam maior racionalização, tendo em vista o controle dos indivíduos. Abandonam a pretensão de totalidade que orientava o pensamento moderno, ou seja, suas metanarrativas e desenvolvem uma visão fragmentada da vida cotidiana e dos indivíduos também fragmentados que resulta na prática num discurso de desmobilização das lutas coletivas e de legitimação do capitalismo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.