O Papel dos Exempla na Construção da Firmeza de Alma em Sêneca

Aryane Raysa Araujo dos Santos, André Henrique M. V. de Oliveira

Resumo


O presente artigo propõe proceder com algumas reflexões sobre o papel dos exempla na construção da firmeza de alma. Ao situar sua postura filosófica, Sêneca sempre se interessou pela teoria que se propusesse a promover o aperfeiçoamento moral. Assim, o recurso dos exempla foi bastante disseminado em Roma, seja como enfeite retórico ou guia moral, como é no caso de Sêneca. A construção da firmeza de alma é um processo lento e árduo, daí a necessidade devotar-nos a essas figuras exemplares, que souberam lidar com as adversidades advindas do destino, e cuja presença e memória são igualmente importantes. Rutílio, Catão (o novo), Múcio, Sócrates são exemplos, segundo Sêneca, que devemos manter diante dos olhos. Trata-se de homens de coragem, que contribuíram de modo a ultrapassar os seus contextos históricos, sendo suas vidas lições para toda a humanidade. O recurso dos exempla é tão importante na filosofia de Sêneca que devemos nos esforçar para também nos tornarmos grandes exemplos, a partir das inspirações ensejadas por essas figuras emblemáticas.


Palavras-chave


Firmeza de alma. Exemplo. Estoicismo. Destino.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Aryane Raysa Araujo dos Santos, André Henrique M. V. de Oliveira