Lógica Formal versus Lógica Transcendental: sobre um capítulo da polêmica entre a filosofia analítica e o movimento neokantiano em torno ao logicismo

Lucas Alessandro Duarte Amaral

Resumo


O objetivo deste artigo é dar foco a um capítulo específico dentro do amplo contexto de debate entre o movimento neokantiano com a filosofia analítica. Trata-se da discussão entre Ernst Cassirer e Bertrand Russell, que toma lugar na história da filosofia nas décadas finais do século dezenove e iniciais do vinte. Em específico, veremos as posições de cada um dos autores em questão no que se refere a natureza da lógica e ao programa logicista. Para tanto, num primeiro momento, reconstruiremos essa discussão partindo de Russell. Daí, apresentaremos a posição dos neokantianos (com maior ênfase em Cassirer) nessa narrativa. Feito isso, trataremos da crítica do filósofo inglês a noção de “lógica transcendental” e suas implicações na filosofia de Cassirer, bem como a de seus predecessores na escola de Marburgo. Depois traremos ao debate a reposta do neokantiano ao filósofo inglês; para, por fim, tratarmos de alguns aspectos do logicismo defendido por Cassirer.

Palavras-chave


Filosofia analítica. Russell. Neokantismo. Cassirer. Logicismo.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.51359/2357-9986.2021.250142

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Lucas Alessandro Duarte Amaral

Esta é uma revista de acesso aberto. Isto significa que todo o conteúdo está disponível de maneira livre e gratuita para o usuário (a) ou para sua instituição. Aos usuários (as) é permitido ler, fazer download, copiar, distribuir, imprimir, fazer buscas e usar o link para os textos completos de artigos ou usá-lo para qualquer outra finalidade legal, sem ter que pedir permissão para editores ou autores. 

Licença Creative Commons
Esta revista está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Perspectiva Filosófica está indexada atualmente pelo DIADORIM, pelo Sumário.org, pelo Google Scholar, pela REDIB e pelo LATINDEX.