Os Projetos do Exército Brasileiro e o alinhamento com as diretrizes da Estratégia Nacional de Defesa

Wagner Medeiros Ramos, Luiz Rogério Franco Goldoni

Resumo


A Estratégia Nacional de Defesa (END), lançada em 2008 e atualizada em 2012, recolocou as questões de defesa na agenda nacional, renovando o interesse político do Estado e marcando uma nova etapa no tratamento desse tema. A END/2008, entre outros assuntos, determinou que o Exército Brasileiro apresentasse, em um prazo de aproximadamente seis meses, um plano de Equipamento e de Articulação visando a reestruturação da capacidade operativa da Força Terrestre. Em atenção ao previsto na END/2008 e de acordo com as diretrizes e orientações desse documento, o Exército Brasileiro elaborou e remeteu ao Ministério da Defesa a Estratégia Braço Forte (EBF). Após um diagnóstico da EBF, a Força Terrestre concluiu pela necessidade de um “Processo de Transformação” para alcançar os objetivos estabelecidos pela Corporação por meio de Vetores de Transformação (VT). Na sequência, a Instituição definiu o Projeto de Força do Exército (PROFORÇA) para orientar o “Processo de Transformação”, por meio de diretrizes para os VT, e estabeleceu sete Projetos Estratégicos como os indutores dessa transformação da Força Terrestre. Diante desse quadro, este trabalho buscou analisar o alinhamento dos Projetos Estratégicos do Exército com as diretrizes da Estratégia Nacional de Defesa.


Palavras-chave


Estratégia Nacional de Defesa, Exército Brasileiro, Projetos Estratégicos do Exército.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Política Hoje - ISSN: 0104-7094

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

I S S N   0 1 0 4  –  7 0 9 4