O labirinto metodológico das Relações Internacionais: dilemas e potenciais saídas

Cinthia Regina Campos Ricardo da Silva

Resumo


O artigo trata da necessidade em se incrementar o aporte metodológico das Relações Internacionais (RIs), bem como abarcar as dificuldades em adequar as principais técnicas de pesquisa aos fenômenos internacionais. O debate aqui proposto enfatiza que a ausência de uma discussão metodológica nas RIs dificulta o acesso a técnicas de pesquisas que pudessem abarcar a pluralidade epistemológica latente da área. Discute-se ainda o desafio em conectar teoria e empiria e a dificuldade de mensuração dos principais conceitos, a exemplo de poder. Por fim, a combinação de técnicas quantitativas e qualitativas, a saber, o multimétodo, poder ser a resposta que melhor se enquadra na ideia de complexidade causal que caracteriza as RIs.

Palavras-chave


Metodologia; Relações Internacionais; Multimétodo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Política Hoje - ISSN: 0104-7094

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

I S S N   0 1 0 4  –  7 0 9 4