A política externa brasileira para a África: o envolvimento do Brasil nas operações de paz como instrumento de inserção internacional no continente africano

Jeane Silva de Freitas, Wemblley Lucena de Araújo

Resumo


Este trabalho busca discutir a ação internacional do Brasil em suas relações político-diplomáticas nas operações de paz na África como instrumento de inserção internacional naquele continente. As relações diplomáticas entre o Brasil e a África assumiram um importante papel no quadro da política externa brasileira, especialmente a partir do governo Lula. Considerando o histórico emblemático dos conflitos civis que assolam o continente africano, o Brasil identifica na África uma possibilidade de arranjos diplomáticos, particularmente, no que se refere a sua participação em missões de paz naquele continente. Nesse sentido, esses fatores conjunturais proporcionaram ao Brasil um posicionamento diferenciado no cenário internacional. Assim, o objetivo principal deste estudo reside em compreender as implicações da política interventiva brasileira na África, especialmente no que concerne ao perfil tradicional da atuação do Estado brasileiro em operações de paz no âmbito da ONU e a utilização destes mecanismos de ação internacional como meio de inserção do Estado brasileiro no continente africano. Para tanto, contextualizou-se brevemente a presença brasileira nas missões de paz da ONU como potencial contribuinte para sua política externa, em seguida, analisou-se as características da Política Externa Brasileira para o continente africano.

Palavras-chave


Política Externa Brasileira. Inserção Internacional. Operações de Paz. África.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Política Hoje - ISSN: 0104-7094

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

I S S N   0 1 0 4  –  7 0 9 4