A cultura como estratégia de sedução política: estudo sobre a programação cultural da TV Câmara

Antonio Teixeira de Barros, Cristiane Brum Bernardes, Malena Rehbein Rodrigues

Resumo


O que norteia a programação cultural da TV Câmara? Quais seus pressupostos políticos e editoriais? Quais as funções dessa programação? Qual a relevância dos conteúdos culturais exibidos por uma emissora de TV legislativa? Como seus telespectadores avaliam esses conteúdos? Com o objetivo de discutir essas questões, o texto analisa, do ponto de vista sociológico, dados de sondagem de opinião com 8.093 cidadãos, cujo resultado mostra que a programação cultural conta com a aprovação de 92,67% dos respondentes, os quais indicam ainda que a programação cultural da TVCD tem muita utilidade/importância (68,58%), especialmente no que se refere à busca de entretenimento associado a cultura (50,91%). A programação cultural (a exemplo de documentários, musicais e produções sobre manifestações culturais regionais) ocupa aproximadamente um terço da grade semanal da emissora, com exibições mais concentradas à noite e nos finais de semana e feriados, horários de maior audiência do canal legislativo. Conclui-se que a ênfase nesse tipo de programação faz parte de um conjunto de estratégias de afirmação da imagem da emissora, tais como: (a) conquistar a simpatia política de parlamentares envolvidos com a defesa de interesses culturais; (b) atingir públicos não interessados diretamente em política e na agenda legislativa, a fim de ampliar a captação de audiência; (c) diferenciar-se das emissoras comerciais e obter legitimidade perante o público mais esclarecido. O referencial teórico combina abordagens da sociologia política e dos estudos sociomediáticos.


Palavras-chave


Mídia e Política; Cultura e Política; Mídias legislativas; Poder Legislativo; TV Câmara.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Política Hoje - ISSN: 0104-7094

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

I S S N   0 1 0 4  –  7 0 9 4