Uma Potência Regional em Construção? O Brasil na América do Sul durante os anos Lula (2003 - 2010)

Reinaldo Alencar Domingues

Resumo


O presente artigo investiga as relações do Brasil com a América do Sul durante o governo Lula pela perspectiva teórica das potências regionais. O objetivo do estudo é traçar um perfil do Brasil como potência sul-americana. Para tanto, fundamenta-se num conjunto de critérios analíticos que definem requisitos e expectativas de comportamento das potências regionais. Adicionalmente, apresenta uma discussão sobre liderança e hegemonia como estratégias disponíveis a tais países em suas vizinhanças. Respaldados pelas propostas teórico-conceituais de diversos autores, estuda-se o caso do Brasil na América do Sul. O artigo conclui que o país preenche parcialmente os critérios para ser considerado uma potência regional, mas encontrou dificuldade de converter suas vantagens de poder em liderança na região. 

Palavras-chave


Política Externa do Brasil; América do Sul; Potências Regionais; Liderança; Hegemonia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Política Hoje - ISSN: 0104-7094

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

I S S N   0 1 0 4  –  7 0 9 4