Downs Vence Mais Uma Vez? Posicionamento Ideológico-Partidário nas Eleições 2012

Denisson Silva, Willber Silva Nascimento, Ranulfo Paranhos, Emerson Tiago Alves, Suzana Alves, Maria Augusta Teixaira Oliveira

Resumo


Em que posição ideológico-partidária o voto do eleitor brasileiro se concentrou nas eleições 2012? Este trabalho busca responder essa questão analisando os resultados eleitorais obtidos pelos candidatos a prefeito, a partir do banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Metodologicamente usamos estatística descritiva para analisar os dados e utilizamos uma escala padronizada de ideologia político-partidária (1-extrema-esquerda; 2-esquerda; 3-centro-esquerda; 4-centro; 5-centro-direita; 6-direita; 7-extrema-direita) para categorizar os resultados. Os achados indicam que (1) o voto do eleitor médio brasileiro encontra-se direcionado ideologicamente no centro (C) ; (2) a esquerda (E) obtém maioria dos cargos de prefeito (45,83%) apenas em cidades acima de 500 mil eleitores; (3) a extrema-esquerda (EE) alcançou 0,34% das cadeiras de prefeitos, enquanto a extrema-direita (ED) atingiu 16,29% do total.  

 


Palavras-chave


Eleições 2012; Partidos políticos; Ideologia partidária

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Política Hoje - ISSN: 0104-7094

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

I S S N   0 1 0 4  –  7 0 9 4