DA PREVENÇÃO À RECUPERAÇÃO: a atuação do serviço social da SEDEC Recife

Maria Afra Nunes Guedes

Resumo


O objetivo desse artigo é analisar a atuação do profissional do Serviço Social no Gerenciamento dos Riscos e Emergências de Desastres na Secretaria Executiva de Defesa Civil do Recife - SEDEC nas fases de Prevenção, Mitigação, Preparação, Resposta e Recuperação, enfocando os avanços e as dificuldades do cotidiano institucional, seja pela condição de trabalho ou pela inexistência de uma retaguarda institucional adequada para fazer frente às demandas na área. Nosso estudo tem natureza quantitativa e seguiu as etapas de abordagem do problema, planejamento do estudo, aplicação de survey, análise estatística e discussão dos resultados. Finalizada a análise dos dados, concluímos que a Prevenção é a fase principal no Gerenciamento dos Riscos e que a atuação do Serviço Social está se consolidando na SEDEC.


Texto completo:

PDF 42-51

Referências


ABNT. Associação Brasileira de Normas e Técnicas. Rio de Janeiro 2016. Disponível em www.abnt.org.br. Acesso em 02 de nov. 2016.

ABREU, Marina Maciel. A dimensão pedagógica do Serviço Social: bases histórico conceituais e expressões particulares na sociedade brasileira. In Serviço Social e Sociedade nº 79. São Paulo, Cortez, 2004.

BRASIL, Constituição da República Federativa do Brasil. 21ed. Brasília, 1988.

BRASIL, Política Nacional de Proteção e Defesa Civil – Lei 12.608 de 10 de abril de 2012. Brasília: Secretaria Nacional de Defesa Civil, 2012.

FURTADO, Janaina Rocha; DUTRA, Rita de Cássia; JUNGLES, Antônio Edésio; CORDINI, Jucilei. Proteção Civil para redução de riscos de desastres em contextos urbanos. Com Ciência Ambiental, São Paulo, ano 6, n. 36, p. 66-75, 2011.

GENTILLI, Raquel de Matos Lopes. A prática como definidora da identidade profissional do Serviço Social in Serviço Social e Sociedade nº 53, Cortez Editora, São Paulo.

GUEDES, Maria Afra Nunes. A Prática do Serviço Social na Gestão dos Riscos das Emergências e Desastres na Coordenadoria de Defesa Civil do Recife – CODECIR. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Faculdade de Ciências Humanas ESUDA, Recife, 2012.

IAMAMOTO, Marilda Vilela. O Serviço Social na Contemporaneidade: trabalho e formação profissional. 7. Ed. São Paulo, Cortez, 2004.

LOPES, Daniela Cunha et al – Construindo comunidades mais seguras: preparando para ação cidadã em defesa civil. Ed. UFSC – CEPED. Florianópolis/SC, 2009.

MELLO, Carlos (Org.). Métodos quantitativos: pesquisa, levantamento ou survey. Aula 09 da disciplina de metodologia de pesquisa na UNIFEI. Disponível em: http://www.carlosmello.unifei.edu.br/Disciplinas/Mestrado/PCM-10/Slides-Mestrado/Metodologia_Pesquisa_2012-Slide_Aula_9_Mestrado.pdf. Acesso em: 16 de out. 2016.

TRINDADE, Rosa Lúcia Predes. Desvendando as determinações sócio-históricas do instrumental técnico-operativo do Serviço Social na articulação entre as demandas sociais e projetos profissionais. In COSTA, Teresa H. B. S. LIMA, Rochelly, E. de. Questão Urbana e Serviço Social. In Serviço Social e Sociedade, Ano XXV, nº 79. São Paulo. Cortez Editora, 2004


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: