PROJETO SALA DE AULA ABERTA: proposta de intervenção

Erinaldo Ferreira do Carmo

Resumo


A realização deste projeto tomou por base os resultados de diferentes trabalhos de pesquisa desenvolvidos com estudantes da educação básica em diferentes escolas, onde foi identificada a preferência do alunado pelos ambientes abertos para os estudos e a socialização dos conhecimentos, bem como a rejeição, ou a baixa aceitação, à permanência por longos espaços de tempo em ambientes fechados, como as salas de aula tradicionais. Compreendemos que a adequação do espaço às necessidades dos seus usuários favorece a adaptação dos sujeitos no envolvimento com o lugar. Nesse sentido, concebendo que a noção de espaço foi ressignificada ao longo do tempo, deixando de representar apenas uma dimensão geométrica para assumir, também, uma dimensão social, entendemos que os espaços físicos ocupados são dotados de sentidos e impregnados por signos e símbolos que afetam quem neles convive.


Texto completo:

PDF 52-55

Referências


BACHELARD, G. A poética do espaço. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

CARMO, E. Envolvimento do estudante na escola: teoria e prática em um estudo de caso. Revista Olh@res, Guarulhos, v. 5, n. 1, p. 90-109, maio 2017.

CARMO, E.; Barroso, R. Envolvimento do estudante e tamanho da escola: um estudo comparado entre escolas públicas na cidade do Recife. Revista e-Mosaico, v. 7, n. 14, p. 3-17, abr. 2018.

CARMO, E. PACHECO, S. Espaço físico escolar e avaliação externa: um afastamento indevido na educação básica. Revista e-Mosaico, v. 4, n. 8, p. 13-24.

CARMO, E. LESSA, T. O Colégio de Aplicação da UFPE no olhar dos seus estudantes: o espaço físico escolar como ambiente de relações sociais. Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica, v. 3, n. 1. p. 297-309.

CARMO, E. et al. Políticas públicas de democratização do acesso ao ensino superior e estrutura básica de formação no ensino médio regular. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 95, n. 240, p. 304-327, maio/ago. 2014.

KOWALTOWSKI, Doris. Arquitetura escolar: o projeto do ambiente de ensino. São Paulo: Oficina de Textos, 2011.


Apontamentos



Indexadores: