ENTRAM COTISTAS. SAEM FORMADOS? A permanência e o êxito dos estudantes que ingressam pela reserva de vagas

Maria Carolina Bello C. da Silva

Resumo


A partir dos anos 90, houve uma considerável expansão do ensino superior no Brasil. Esta expansão foi expressiva, mas não suficiente para alterar o fato de que, na raiz do problema, persiste a realidade de uma pirâmide educacional profundamente perversa, que só permite que uma fração muito pequena de estudantes se aproxime efetivamente da educação superior. O modelo de expansão adotado desde a Reforma Universitária de 1968 (Lei nº 5.540/68) resultou em uma grande elitização do perfil dos alunos, em especial nos cursos mais concorridos e nas instituições privadas, onde é muito pequena a presença de afrodescendentes e de pobres.

Texto completo:

PDF 2-9

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: