Redução da mortalidade materna em Pernambuco: realidade ou desafio?

Rosário de Fátima Silva Amaral Ribeiro, Enivaldo Carvalho da Rocha

Resumo


A mortalidade materna é uma preocupação mundial revelada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que se constroem sobre o legado dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio e concluirão o que estes não conseguiram alcançar, a redução dos óbitos maternos a níveis aceitáveis até o ano de 2030.
No Brasil e em Pernambuco, apesar da redução apresentada nas duas últimas décadas, a mortalidade materna ainda se constitui um grave problema de saúde pública e expõe as desigualdades existentes entre as regiões com uma rede de assistência fragmentada e pouco resolutiva, como também a dificuldade de acesso aos serviços de saúde. O reflexo é a elevação da razão de mortalidade materna em regiões menos desenvolvidas com precariedade da assistência obstétrica prestada e violação do direito da mulher de viver uma maternidade segura.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: