As sementes que não germinaram: qual o seu perfil?

Cecília Maria da Silva, Dalson Britto Figueiredo Filho

Resumo


O presente capítulo apresenta uma análise descritiva dos casos de evasão escolar ocorridos no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco – Campus Belo Jardim entre os anos de 2013 e 2017. Esta pesquisa utilizou uma abordagem quantitativa e para coleta de dados foram realizadas consultas ao Q–acadêmico – sistema informatizado utilizado pela instituição para registrar os dados acerca dos alunos (matrícula, frequência, notas, histórico, dados pessoais e etc.). Para análise descritiva dos dados foi utilizado o programa IBM SPSS Statistics Base, versão 22.0. Os principais resultados mostraram que houve uma queda no número de evasões no ano de 2015, mas estas voltaram a crescer em 2016. Foi verificado ainda que o seguinte perfil do estudante evadido: sexo masculino, no turno noturno e na modalidade subsequente. Na variável renda, a maior parte dos discentes informou possuir renda familiar per capita inferior a um salário mínimo, embora tenha se destacado uma parcela de estudantes que não preencheram suas informações sobre renda, o que revela a necessidade de aprimoramento do sistema. O mesmo foi verificado com relação aos dados sobre forma de ingresso. A partir dos dados do Q–acadêmico não foi possível diferenciar, entre estudantes evadidos, aqueles que eram cotistas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: