VERIFICAÇÃO DA INFLUÊNCIA DA IMPOSIÇÃO LITOESTRUTURAL SOBRE A DRENAGEM DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO BAIANO-ASSIS CHATEAUBRIAND/PR A PARTIR DA APLICAÇÃO DE VARIÁVEIS MORFOMÉTRICAS

Ordilei Aparecido Gaspar de Melo Melo, Nelson Douhi, Pedro França Junior, Manoel Luíz dos Santos

Resumo


Os parâmetros morfométricos representam uma ferramenta importante quando aliada aos estudos geomorfológicos, por atentarem à compreensão dos condicionantes do equilíbrio ou desequilíbrio do sistema fluvial. Este estudo adota uma proposta de análise denominada RDE (relação declividade vs extensão) também designada de Stream-Gradient Índex. Os índices apresentados se referem à bacia hidrográfica do rio Baiano no município de Assis Chateaubriand-Pr e evidenciam a influência litológica sobre a organização espacial da rede de drenagem e dos processos associados. A área localiza-se no Terceiro Planalto Paranaense, com litologia de rochas eruptivas básicas da Formação Serra Geral. Estruturalmente recebe influência de linhas de falhas e fraturas direcionadas SE-NW e SW-NE predominantemente, que condicionam o desenvolvimento e direção dos eixos de drenagem. Ao longo dos 22,85km do rio Baiano foram identificados 6 segmentos, sendo detectados trechos em equilíbrio e com anomalias de 1ª e 2ª ordem. Verificou-se que os lineamentos estruturais condicionam inflexões na linha do talvegue e constituem um fator preponderante para a ocorrência de anomalias, influenciando no padrão de drenagem da bacia e na sinuosidade do canal. Palavras-chave: Litologia, análise morfométrica, bacia hidrográfica, anomalias de drenagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v3.1.p07-13



      

Revista Brasileira de Geografia Física - ISSN: 1984-2295

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License