Cartas do Sertão: a catequese entre os Kariri no século XVII

Cristina Pompa

Resumo


A imagem que se costuma ter das relações entre indígenas e missionários na época colonial é a de um choque entre dois blocos monolíticos, onde o catolicismo é visto como um sistema imutável, tanto quanto a suposta fé pré-colombiana dos índios. A releitura cuidadosa das fontes antigas mostra porém uma situação diferente, particularmente evidente nas aldeias missionárias dos Kariri do sertão do nordeste no século XVII. Documentos inéditos, como as cartas jesuíticas e os trechos da Relation  de Bernard de Nantes, apresentam os fragmentos do universo simbólico indígena que não se retraiu em busca de uma ‘preservação de identidade’, mas se abriu à absorção do outro e à sua própria transformação.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br