O DEVOTO E A SANTA: O CÍRIO DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS NUMA COMUNIDADE QUILOMBOLA PARAENSE.

Donizete Rodrigues, Ingrid Heinen

Resumo


Baseado, principalmente, na construção teórica-conceptual durkheimiana, este artigo tem como objetivo abordar a romaria em homenagem a Nossa Senhora das Graças, que ocorre no mês de novembro, na comunidade quilombola paraense da Vila do Cravo. Seguindo a orientação metodológica geertziana, o trabalho de campo foi realizado utilizando a observação-participante, com uma densa etnografia, envolvendo símbolos, rituais e experiências profanas e do sagrado, vividas no contexto da comunidade. Esta romaria, como prática religiosa popular, possibilita trocas culturais, (re)encontros e o fortalecimento dos vínculos sociais entre os romeiros.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br