O que Anunciam os Chifres dos Bois? Artefatos multiespecíficos na expansão da pecuária no Brasil

Felipe Vander Velden

Resumo


Este artigo inicia uma reflexão acerca da expansão da pecuária pelo Brasil centro-oriental empregando, para tanto, alguns artefatos produzidos no encontro entre bois e povos indígenas na região. Com o objetivo de provincializar a grande narrativa do ‘ciclo econômico do gado’, o texto argumenta pela necessidade de análises contextualmente específicas da chegada ou introdução dos bois entre distintos grupos ameríndios. Sugere, nesta linha, que a imagem do gado expulsando índios e ocupando os espaços deixados pela extinção ou fuga não corresponde à variedade de experiências de contato com a chamada ‘frente de expansão pastoril’, que podem ter incluído, por exemplo, a incorporação cerimonial desses ruminantes – ou de partes de seus corpos, como seus chifres – na forma de instrumentos musicais. Alguns desses objetos são analisados aqui, com o intuito de sustentar que qualquer investigação sobre os ambientes co-constituídos por humanos e não humanos no Brasil deve incluir as espécies exóticas introduzidas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista ANTHROPOLÓGICAS
AV. Prof. Moraes Rêgo, 1.235. 13° andar
Cidade Universitária
50.670-901 - Recife - PE - Brasil
Tel.: (55) (81) 2126-8286 | Fax: (55) (81) 2121-8282
E-mail: anthropologicas@ufpe.br