A práxis do enfermeiro na atenção psicossocial: vulnerabilidades e potencialidades presentes

Thyara Maia Brandão, Yanna Cristina Moraes Lira Nascimento, Mércia Zeviani Brêda, Maria Cicera dos Santos de Albuquerque, Rafaella Souza Albuquerque

Resumo


RESUMO

Objetivo: investigar a práxis do enfermeiro, as potencialidades e vulnerabilidades a que esta práxis está exposta em Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Método: estudo descritivo, com abordagem qualitativa, no qual participaram sete enfermeiras atuantes nos CAPS de uma capital do Nordeste. A produção de dados ocorreu por entrevistas e as falas foram submetidas à técnica de Análise de Conteúdo. Resultados: grupos terapêuticos, educação em saúde, atendimento individual, visita domiciliar, administração de medicamentos e acolhimento foram as principais atividades realizadas pelas enfermeiras que consideram a atuação em equipe uma potencialidade ao seu trabalho. Deficiências de recursos materiais, transporte e da estrutura do serviço junto a pouca qualificação profissional e às fragilidades da rede de atenção foram descritas como vulnerabilidades para o trabalho. Conclusão: as vulnerabilidades identificadas interferem na qualidade da assistência prestada. Descritores: Enfermagem; Serviços de Saúde Mental; Saúde Mental.

ABSTRACT

Objective: to investigate the praxis of the nurse, the potentialities and vulnerabilities to which this praxis is exposed in Psychosocial Care Centers (CAPS). Method: a descriptive study, with a qualitative approach, in which seven nurses working in the CAPS of a capital of the Northeast participated. Data was produced through interviews and the speeches were submitted to the Content Analysis technique. Results: therapeutic groups, health education, individual care, home visits, medication administration and fostering were the main activities performed by nurses who consider teamwork a potential for their work. Deficiencies in material resources, transportation and the structure of the service together with low professional qualifications and the weaknesses of the care network were described as vulnerabilities to work. Conclusion: identified vulnerabilities interfere with the quality of care provided. Descriptors: Nursing; Mental Health Services; Mental Health.

RESUMEN

Objetivo: investigar la praxis del enfermero, las potencialidades y vulnerabilidades que esta praxis está expuesto en Centros de Atención Psico-Social (CAPS). Método: estudio descriptivo con un enfoque cualitativo, en el que participaron siete enfermeras que trabajan en los CAPS de una capital del noreste. La producción de datos se produjo para las entrevistas y las hablas fueron sometidas a la técnica de análisis de contenido. Resultados: grupos terapéuticos, educación en la salud, atención individual, visita domiciliar, administración de medicamentos y acogida fueron las principales actividades realizadas por las enfermeras que consideran el trabajo en equipo una potencialidad a su trabajo. Las deficiencias de recursos materiales, estructura de transporte y servicio con poco profesional y las debilidades de la atención de la red fueron descritas como vulnerabilidades para el trabajo. Conclusión: las vulnerabilidades identificadas interfieren con la calidad de la asistencia prestada. Descriptores: Enfermería; Servicios de Salud Mental; Salud Mental.


Palavras-chave


nfermagem; serviços de saúde mental; saúde mental.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v10i6a11255p4766-4777-2016



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios