Cuidados clínicos de enfermagem para pacientes com acidente vascular cerebral em uso de trombolíticos

Morgama Mara Nogueira Lima, Maria Ligia de Oliveira dos Santos, Maria Vilani Cavalcante Guedes

Resumo


Objetivo: descrever os cuidados clínicos de enfermagem prestados aos pacientes com acidente vascular cerebral isquêmico em terapia trombolítica. Método: analisaram-se 32 prontuários no período de março a dezembro de 2010 e coletaram-se dados através de formulário. Resultados: desfechos dos pacientes: 34% recebeu transferência externa; 25%, internas; 15%, a alta; e 6%, ao óbito. O tempo de permanência na unidade: 26% permaneceu entre 5 e 9 dias, e 24%, entre 10 e 14 dias. Conclusão: os cuidados clínicos envolvem a Sistematização da Assistência de Enfermagem. Conclui-se que o tempo de surgimento dos sintomas, o de diagnóstico na unidade e os cuidados clínicos prestados são imprescindíveis para um desfecho favorável e sem sequelas. Descritores: cuidados de enfermagem; acidente vascular cerebral; trombolíticos.


Palavras-chave


Cuidados de Enfermagem; acidente Vascular Cerebral; Trombolíticos.

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v7i11a12317p6624-6631-2013



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios