Representações de mulheres sobre qualidade de vida e sua relação com violência contra a mulher

Amanda Rodrigues Garcia Palhoni, Virginia Junqueira Oliveira, Lenice de Castro Mendes Villela, Cláudia Maria de Mattos Penna

Resumo


RESUMO

Objetivo: compreender as representações sociais de mulheres sobre qualidade de vida e sua relação com a violência contra a mulher. Método: estudo descritivo, de abordagem qualitativa, fundamentado na Teoria das Representações Sociais e na Teoria do Núcleo Central. Foram entrevistadas, a partir de um roteiro semiestruturado, 100 mulheres de 20 a 49 anos de idade de um serviço de atenção primária. A análise dos dados foi feita pelo software EVOC 2000, pela técnica do quadro de quatro casas e pela técnica de Análise de conteúdo. Resultados: grande importância foi atribuída às relações interpessoais amorosas e respeitosas. Existe uma relação entre a representação de qualidade de vida e violência contra a mulher, no sentido de que os elementos da qualidade de vida visam suprir determinadas carências, que fazem surgir a violência. Conclusão: é necessário pensar em formas de se promover a qualidade de vida também como uma estratégia de enfrentamento da violência contra a mulher. Descritores: Qualidade de Vida; Saúde da Mulher; Violência Contra a Mulher.

ABSTRACT

Objective: to understand the social representations of women about quality of life and its relationship with violence against women. Method: a descriptive study, with a qualitative approach, based on Social Representation Theory and Core Nucleus Theory. From a semi-structured script, 100 women aged 20 to 49 years were interviewed from a primary care service. The analysis of the data was done by the software EVOC 2000, by the four-frame technique and by the Content Analysis technique. Results: great importance was attached to loving and respectful interpersonal relationships. There is a relation between the representation of quality of life and violence against women, in the sense that the elements of quality of life are aimed at filling certain deficiencies that give rise to violence. Conclusion: it is necessary to think of ways to promote quality of life as a strategy to combat violence against women. Descriptors: Quality of Life; Women's Health; Violence Agaist Women.

RESUMEN

Objetivo: comprender las representaciones sociales de  mujeres  sobre calidad de vida y su relación con la violencia contra la mujer. Método: estudio descriptivo de abordaje cualitativo, basado en la teoría de las representaciones sociales y la teoría del núcleo Central. Se entrevistó a, partir de un guion semiestructurado, 100 mujeres 20 a 49 años de edad de un servicio de atención primaria. El análisis de datos fue realizado por el software de 2000, por la técnica de marco EVOC de cuatro casas y por la técnica de análisis de contenido. Resultados: gran importancia fue atribuida a las relaciones interpersonales amorosas y respetuosas. Existe una relación entre la calidad de vida y violencia contra la mujer, en el sentido de que elementos de la calidad de vida pretenden superar ciertas deficiencias, que puedan generar la violencia. Conclusión: es necesario pensar en maneras de promover la calidad de vida, así como una estrategia para combatir la violencia contra la mujer. Descriptores: Calidad de Vida; Salud de la Mujer; Violencia Contra la Mujer.

Palavras-chave


Qualidade de Vida; Saúde da Mulher; Violência Contra a Mulher

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v11i4a15241p1701-1708-2017



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios