Ventilação não invasiva em idosos após o acidente vascular cerebral

maria aquino gouveia, Maria Fernanda Vinagre, Émerson Soares Pontes, Carlos Eduardo Porto da Silva, Ivana Araújo Pereira, Ana Karênina de Freitas Jordão do Amaral

Resumo


RESUMO

Objetivo: conhecer as publicações sobre o uso de ventilação mecânica não invasiva em idosos após o acidente vascular cerebral. Método: revisão integrativa nas bases de dados LILACS, MEDLINE, Portal CAPES e biblioteca SCIELO. Selecionaram-se artigos publicados em texto completo; nos idiomas português ou inglês; disponíveis na íntegra na internet e publicados no período de 2007-2016 obrigatoriamente constando os descritores “idoso” e “acidente vascular cerebral” e um dos descritores “ventilação mecânica não invasiva”, “respiração artificial” ou “respiração com pressão positiva”, sendo dez artigos selecionados. Foi realizada a leitura analítica utilizando roteiro estruturado. Os dados coletados foram organizados em tabela e submetidos à análise. Resultados: os artigos selecionados abordaram o acidente vascular cerebral e a apneia obstrutiva do sono. Em oito artigos, a modalidade ventilatória foi a pressão positiva contínua e houve maior quantitativo de publicações no ano de 2009. Conclusão: a ventilação não invasiva apresenta benefícios na otimização, manutenção e restabelecimento da função pulmonar do idoso após o acidente vascular cerebral. O número baixo de publicações e a ausência de protocolos reforçam a necessidade de construção de instrumento para esta temática. Descritores: Idosos; Acidente Vascular Cerebral; Respiração Artificial; Respiração Com Pressão Positiva; Ventilação Não Invasiva.

ABSTRACT

Objective: to get to know the publications about the use of non-invasive mechanical ventilation in the elderly after stroke. Method: integrative review in the databases LILACS, MEDLINE, CAPES Portal and SCIELO library. Selected articles were published in full text; in Portuguese or English; available in full on the internet and published in the 2007-2016 period, with the descriptors "elderly" and "stroke" and one of the descriptors "non-invasive mechanical ventilation", "artificial respiration" or "positive pressure breathing", being ten selected articles. The analytical reading was performed using a structured script. The collected data were organized in table and submitted to the analysis. Results: selected articles addressed stroke and obstructive sleep apnea. In eight articles, the ventilatory modality was continuous positive pressure and there were more publications in the year 2009. Conclusion: noninvasive ventilation presents benefits in the optimization, maintenance and reestablishment of the pulmonary function of the elderly after stroke. The low number of publications and the absence of protocols reinforce the need to build an instrument for this theme. Descriptors: Elders; Cerebrovascular Accident; Artificial Respiration; Positive Pressure Breathing; Non-Invasive Ventilation.

RESUMEN

Objetivo: conocer las publicaciones sobre el uso de ventilación mecánica no invasiva en ancianos post accidentes cerebrovasculares. Método: revisión integrativa en las bases de datos LILACS, MEDLINE, Portal CAPES y biblioteca SCIELO. Se seleccionaron artículos publicados en texto completo, en los idiomas portugués y / o inglés; disponibles en su totalidad en Internet y publicados en el período 2007-2016, obligatoriamente constando los descriptores "anciano" y "accidente cerebrovascular", y uno de los descriptores "ventilación mecánica no invasiva", "respiración artificial" o "respiración con presión positiva". Siendo diez artículos seleccionados. Se realizó la lectura analítica, utilizando guión estructurado. Los datos recolectados fueron organizados en tabla y sometidos al análisis. Resultados: los artículos seleccionados abordaron el accidente cerebrovascular y la apnea obstructiva del sueño. En ocho artículos, la modalidad ventilatoria fue la presión positiva continua y hubo mayor cuantitativo de publicaciones en el año 2009. Conclusión: la ventilación no invasiva presenta beneficios en la optimización, mantenimiento y restablecimiento de la función pulmonar del anciano después del accidente cerebrovascular. El número bajo de publicaciones y la ausencia de protocolos, refuerzan la necesidad de construir un instrumento para esta temática. Descriptores: Personas De Edad; Accidente Cerebrovascular; Respiración Artificial; Presión Positiva De Respiración; Ventilación no Invasiva.


Palavras-chave


idoso; acidente vacsular cerebral; respiração artificial; respiração com pressão positiva; ventilação não-invasiva

Texto completo:

PDF (English) PDF


DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v12i7a231357p2031-2038-2018



Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

 doajPeriódicoscapes

bvs elsevier nlm diadorim periodicaabec

 

cinahl citefactor cuidenplusb socolar ulrichs sumarios